Suspeitos de “reciclar” próteses dentárias de cadáveres são presos

Agentes da Decon (Delegacia de Consumidor) interditaram um laboratório de próteses dentárias, em Ricardo de Albuquerque, zona norte do Rio, que adquiria material em cemitérios clandestinos da Região Metropolitana. Dois responsáveis pelo local foram presos.

De acordo com a Polícia Civil, o material comprado pelos responsáveis pelo local era para montar a prótese dentária removível.

Agora a polícia tenta identificar quem intermediava a compra do material em cemitérios com o laboratório.

Os responsáveis vão responder por crimes contra o consumidor e a saúde pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: