Surpresa em dose tripla: Em Angra dos Reis, Mãe descobre no parto que estava grávida de trigêmeas

Depois de meses sonhando com a chegada de mais um filho, um casal de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro, teve uma surpresa em dose tripla na hora do parto: ao invés de um bebê, Rosinete e Thiago descobriram que estavam grávidos de trigêmeas.

As meninas Ana Clara, Ana Júlia e Ana Luiza nasceram de 34 semanas, todas idênticas e medindo 40 centímetros cada uma. O parto foi cesariana e aconteceu na madrugada da última terça-feira (12), no Hospital Geral da Japuíba.

Trigêmeas passam bem, diz médico — Foto: Reprodução/TV Rio Sul

Até o momento da cirurgia, nem mesmo a equipe médica sabia da existência dos outros dois bebês.

“A barriga estava muito grande. Não me convencia que aquela era uma barriga de 34 semanas Eu achei que pudesse ser até gêmeos. Montamos a sala, fizemos o procedimento, mas na hora que nós tiramos o primeiro neném, logo depois apareceu uma outra bolsa. E ainda tinha mais um terceiro neném”, contou o médico Marcos Valério Hiti.

Casal esperava um bebê e ganhou trigêmeas — Foto: Arquivo Pessoal

Como não esperavam três bebês, Thiago contou com a mobilização da equipe de enfermagem para conseguir um enxoval para as crianças.

“Ao mesmo tempo que eu agradecia, eu pensava que no momento eu ia passar necessidade. Só eu tenho renda em casa, a família depende de mim. Eu não ia conseguir manter a minha família morando de aluguel. Lá dentro do hospital, Deus tocou no coração das enfermeiras. Agradeço muito. Lá mesmo começaram a arrumar. Não tinha o que levar mais pra outras duas que nasceram”, contou o pai.

A surpresa tem explicação. Rosinete fez apenas um exame de ultrassonografia durante toda a gravidez. Ela estava com 19 semanas de gestação. Nas imagens, apenas um bebê aparecia e ele estava bem.

Rosinete também não fez outros exames de acompanhamento, mesmo com 41 anos, por um motivo: receio de sair de casa e contrair o novo coronavírus.

Apesar de todo o cuidado durante a gestação, ela testou positivo para a Covid-19 depois do parto. Rosinete continuava internada em uma unidade de pacientes graves até a publicação desta reportagem, e o estado de saúde dela era estável.

As bebês não tiveram a Covid-19, mas também precisaram continuar no hospital para ganharem peso. “Todas as três nasceram muito bem, chorando… Pequenininhas, obviamente, mas todas muito bem para a idade gestacional”, tranquilizou o médico.

Enquanto isso, Thiago aguarda em casa com a Sofia, primeira filha do casal, que tem cinco anos. A ansiedade para a chegada do restante da família é grande. “Eu fico doido, né? Porque eu já tenho uma pequena, agora tenho mais três. Poxa, vai ser muito legal”, disse Thiago.

Além da Sofia e das trigêmeas, Rosinete tem mais quatro filhos de outro casamento — todos mais velhos e que não moram mais com a mãe.

Por conta da surpresa com a chegada das trigêmeas, o casal está precisando de ajuda nesta nova jornada. Quem quiser fazer doações pode acessar esse link, ou entrar em contato com a Beatriz, tia das crianças, pelo telefone (24) 99869-6393.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito