Superintendência de Cultura convida artistas e agentes culturais de Itatiaia para webconferência sobre a Lei Adir Blanc

Com o objetivo de informar, tirar dúvidas, debater e finalizar o Plano de Ação Municipal para a aplicação de recursos da Lei Adir Blanc, em Itatiaia, a Casa da Cultura e o Conselho Municipal de Cultura de Itatiaia realizarão, nesta quinta-feira (13 de agosto) a 1ª Webconferência “Diálogos Culturais”.

A ideia é reunir moradores de Itatiaia que realizam alguma atividade artística ou cultural, como dançarinos, atores, cantores, artesãos, MC’s, grafiteiros, fotógrafos, mestres de capoeira, jongo e quem trabalha com produção e locação de equipamentos e estruturas.  

De acordo com o superintendente de Cultura de Itatiaia, Thiago Ferreira, para participar é só acessar o link https://meet.google.com/mzu-tcub-ufd a partir das 18h desta quinta-feira.
– Quem fizer o acesso via celular tem que baixar o aplicativo do Google Meet. Se o acesso for feito via computador não precisa baixar nada, basta clicar no link e seguir as instruções. A participação dos agentes culturais do município é de extrema importância para que todos entendam e façam parte das decisões – explica.

Ainda segundo Thiago Ferreira, a webconferência é a continuidade de diversos encontros que foram realizados em nível regional e estadual e agora, a ideia é falar diretamente com quem mora em Itatiaia.
– A participação de todos é muito importante. Será um espaço de diálogo e de construção para finalizarmos o nosso plano de ação para a aplicação de recursos em Itatiaia. A nossa expectativa é que essas informações sejam multiplicadas para que os recursos cheguem as trabalhadoras e trabalhadores de cultura que mais necessitam neste momento difícil. Junto com o Conselho Municipal de Cultura, queremos dar transparência aos processos e ouvir o que esses trabalhadores esperam sobre a lei, assim como tirar as dúvidas que ainda possam existir – destaca Thiago.

Lei Aldir Blanc       
A Lei Aldir Blanc (14.017/2020) estabelece o repasse de recursos financeiros da União para estados, Distrito Federal e municípios. O valor do repasse estabelecido pela Lei é de R$ 3 bilhões para aplicação em ações emergenciais de apoio ao setor cultural por meio de renda emergencial aos trabalhadores e trabalhadoras da cultura em três parcelas de R$ 600; subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais e demais organizações culturais e espaços artísticos que tiveram as suas atividades interrompidas por causa da pandemia; e realização de ações vinculados ao setor cultural, como editais, chamamentos públicos e prêmios.

O nome da lei é uma homenagem ao cantor Aldir Blanc, que faleceu em decorrência da Covid-19, em 4 de maio de 2020. O objetivo da Lei é ajudar os trabalhadores da área e os espaços culturais que, em razão das medidas de isolamento social, foram obrigados a suspender os trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito