STJ torna Witzel réu por corrupção e lavagem de dinheiro

BRASÍLIA – A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça aceitou, por unanimidade, a denúncia de corrupção e lavagem de dinheiro contra o governador afastado do Rio, Wilson Witzel. Com isso, ele passa à condição de réu.

O STJ determinou também que Witzel permaneça mais um ano afastado do cargo e que não mantenha qualquer tipo de contato com outros investigados.

Wilson Witzel é acusado de desviar recursos destinados à saúde e ao combate à pandemia de Covid-19 no estado do Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: