Sólida e expoente da boa fase, defesa do Vasco iguala marca de 37 anos atrás: “Um time seguro”

O bom início de Campeonato Brasileiro do Vasco tem vários motivos. As mudanças de comportamento e atitude, confiança, organização em campo, dedo de Ramon Menezes, os gols de Germán Cano… Um setor específico, no entanto, tem se destacado e quebrado marcas: a defesa.

Com apenas um gol sofrido nos primeiros quatro jogos, o time atingiu um feito que não acontecia há 37 anos. Foi no Brasileirão de 1983 a última vez que o Vasco sofreu apenas um gol nos primeiros quatro jogos.

Vasco x Grêmio — Foto: André Durão

– É uma marca importante, mesmo que sejam quatro jogos, não é fácil, tanto que demorou décadas para conseguirmos repetir. Queremos seguir melhorando ao longo do campeonato pois ainda tem muito chão pela frente. Um time seguro, que leva poucos gols, tem mais chance de sair com a vitória. O sistema defensivo que sofre poucos gols é mérito de todos, de uma equipe taticamente bem organizada, cada um sabendo a sua função, a marcação começando lá na frente. Esse bom início é mérito de todo mundo, nós temos corrido muito e brigado por todas as bolas. Vamos manter esse espírito até o fim – comentou o capitão Leandro Castan.

No empate por 0 a 0 com o Grêmio, no domingo, mais uma atuação segura da dupla Ricardo Graça e Castan. Apesar do domínio territorial e do volume de jogo dos gaúchos no primeiro tempo, foram poucos sustos. Alisson acertou a trave uma vez. E ficou nisso. Os adversários até finalizam mais do que o Vasco – foi assim nas quatro primeiras rodadas -, mas dificilmente são lances de perigo.

Sob o comando de Ramon, o Vasco, aliás, sofreu apenas dois gols em seis jogos. Em sua gestão, Ricardo Graça assumiu a titularidade no lugar de Werley e vem dando conta do recado ao lado do capitão. O fato de o jovem zagueiro ser canhoto ter sido deslocado para direita não foi problema. No entender do capitão, o mérito é coletivo:

– (Graça) É um grande jogador, com muito potencial, fico feliz de vê-lo evoluindo a cada treino e a cada jogo. Mas temos outros grandes zagueiros, e o elenco tem que ter na cabeça que todos são importantes. Com o time ajeitadinho taticamente, uma hora eu posso sair, o Graça pode sair, e quem entrar vai dar conta do errado, vai manter o que tem sido feito. O calendário é muito apertado e vamos precisar de todos bem, treinando em alto nível, pra seguirmos correspondendo dentro de campo.

Castan atingiu marcas em outros clubes

Leandro Castan, aliás, está acostumado com marcas expressivas na defesa por onde passou. Na Roma, na temporada 2013/14, ele formou a zaga, ao lado de Benatia, que levou um gol nas 10 primeiras rodadas do Campeonato Italiano. Foi o melhor desempenho defensivo inicial do clube da capital.

– Aquele início na Roma foi coisa de outro mundo. Em dez rodadas, dez vitórias, só um gol sofrido… É o recorde, um feito histórico na Itália até hoje, foi capa de jornal (risos). Eu tive a honra de atuar com grandes jogadores, mas falo que o Benatia foi o meu melhor parceiro de zaga porque conquistamos marcas históricas como essa, o time era muito forte defensivamente. Acho que eu estava no meu auge, ele também, e vai ser difícil alguma equipe repetir um feito desses.

Em 2012, pelo Corinthians, Castan formou ao lado de Chicão a zaga menos vazada da história da Libertadores. Foram apenas quatro gols sofridos em 12 jogos.

Gols sofridos pelo Vasco nas primeiras 4 rodadas do Brasileirão:

  • 1983 – 1
  • 1984 – 4
  • 1985 – 8
  • 1986 – 3
  • 1987 – 5
  • 1988 – 2
  • 1989 – 4
  • 1990 – 3
  • 1991 – 7
  • 1992 – 2
  • 1993 – 3
  • 1994 – 4
  • 1995 – 6
  • 1996 – 10
  • 1997 – 6
  • 1998 – 4
  • 1999 – 2
  • 2000 – 5
  • 2001 – 3
  • 2002 – 6
  • 2003 – 12
  • 2004 – 4
  • 2005 – 7
  • 2006 – 4
  • 2007 – 4
  • 2008 – 4
  • 2009 – Série B
  • 2010 – 6
  • 2011 – 7
  • 2012 – 4
  • 2013 – 7
  • 2014 – Série B
  • 2015 – 4
  • 2016 – Série B
  • 2017 – 9
  • 2018 – 6
  • 2019 – 7
  • 2020 – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito