Sobe para 25 nº de mortos em explosão de hotel em Cuba

O número de mortos na forte explosão foi registrada nesta sexta-feira no Hotel Saratoga, no centro de Havana, em Cuba, subiu para 25. A informação foi confirmada pelas autoridades cubanas neste sábado. Há ainda mais de 70 pessoas feridas.

Dentre os mortos, estão uma grávida e uma criança. De acordo com Miguel Hernán Estévez, diretor do hospital Hermanos Almejeiras, 11 dos feridos estão em estado extremamente grave.

Equipes de resgate da polícia e dos bombeiros vasculham os escombros
Equipes de resgate da polícia e dos bombeiros vasculham os escombros

O responsável da empresa estatal Gaviota, proprietária do hotel, Roberto Calzadilla, disse que a explosão aconteceu quando “o gás estava sendo reabastecido com um cano [de um caminhão-tanque] e aparentemente foi isso que causou esse infeliz acidente”.

Falando do local na televisão cubana, o presidente Miguel Diaz-Canel disse que a explosão no histórico Hotel Saratoga parece ter sido causada por um vazamento de gás. Mais cedo, ele já havia descartado um ataque a bomba.

— Em nenhum caso foi uma bomba ou um ataque — disse à Reuters ao deixar o hospital Calixto Garci, onde muitos dos feridos foram tratados. — É apenas um acidente muito infeliz.

Guerra na UcrâniaDonos de carros antigos em Cuba são indiretamente afetados pelas sanções contra a Rússia

Os primeiros quatro andares do histórico hotel Saratoga explodiram e ficaram praticamente destruídos, cercados por montes de escombros e pedaços de vidro. Vários carros que estavam perto do local foram danificados, de acordo com a AFP. No momento da explosão, estavam no local apenas trabalhadores que faziam uma obra de reforma — o hotel estava fechado e reabriria em 10 de maio.

— Até agora, não temos informação de estrangeiros feridos ou mortos, mas é preciso esperar porque a informação ainda é muito primária — afirmou o ministro de Turismo, Juan Carlos García Granda.

about:blank

Uma hora após o acidente, Díaz-Canel esteve no local e visitou o hospital Hermanos Ameijeras, para onde foram transferidos vários feridos, e o centro médico Calixto García, onde pelo menos 20 vítimas estão sendo atendidas.

Uma testemunha disse à Reuters que viu muita fumaça e chamas saindo do prédio. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram uma multidão nos arredores do edifício, coberto de poeira. Uma escola que fica ao lado do hotel foi evacuada às pressas. Ninguém ficou ferido.

“Alexis Acosta Silva, prefeito de Havana Velha, informou nossa equipe que todas as crianças da escola perto do Saratoga foram retiradas”, informou o governo.

Construído na década de 1930, o Hotel Saratoga tem 96 quartos e foi reaberto em 2005 após reforma Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
Construído na década de 1930, o Hotel Saratoga tem 96 quartos e foi reaberto em 2005 após reforma Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
Equipes de resgate buscam sobreviventes em escombros após explosão no Hotel Saratoga Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Equipes de resgate buscam sobreviventes em escombros após explosão no Hotel Saratoga Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Equipes da polícia e Bombeiros atuam na região onde houve explosão Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Equipes da polícia e Bombeiros atuam na região onde houve explosão Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Destruição em hotel onde ocorreu explosão em Cuba Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Destruição em hotel onde ocorreu explosão em Cuba Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Bombeiros trabalham no local após explosão destruir o Hotel Saratoga, em Havana Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
Bombeiros trabalham no local após explosão destruir o Hotel Saratoga, em Havana Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS

PUBLICIDADE

Parte do Hotel Saratoga ficou destruída após explosão Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
Parte do Hotel Saratoga ficou destruída após explosão Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
O corpo de uma vítima é visto coberto após explosão Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
O corpo de uma vítima é visto coberto após explosão Foto: ALEXANDRE MENEGHINI / REUTERS
Equipes de resgate estão vasculhando os escombros em busca de sobreviventes Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Equipes de resgate estão vasculhando os escombros em busca de sobreviventes Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Forte explosão destruiu parte do hotel em reforma, no centro de Havana Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP
Forte explosão destruiu parte do hotel em reforma, no centro de Havana Foto: ADALBERTO ROQUE / AFP

Construído em 1880, o Saratoga foi remodelado como hotel em 1933 e reaberto em 2005. Considerada uma das hospedagens mais luxuosas de Havana,  conta com 96 quartos, piscina com vista panorâmica e uma diária em torno de US$ 280. Entre seus hóspedes famosos estão celebridades do mundo todo, como Madonna, Beyoncé , Rolling Stones, Will Smith e Paris Hilton. O rei do Marrocos, Mohamed VI, também já passou por lá. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.