Sob novo governo, Israel bombardeia bases do Hamas

Militares israelenses bombardearam bases do movimento islamista Hamas na Faixa de Gaza, na madrugada desta 4ª feira (16.jun.2021). A operação foi a 1ª desde o cessar-fogo que pausou o conflito aéreo de 11 dias entre Israel e o Hamas, em maio.

O bombardeio também é o 1ª sob o governo do novo primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, que chegou ao poder no domingo (13.jun) com a promessa de focar em questões socioeconômicas e evitar escolhas sensíveis de políticas em relação aos palestinos.

O ataque foi realizado depois que balões incendiários foram lançados contra o território israelense, em repúdio a uma marcha nacionalista de judeus ultraconservadores caracterizada por movimentos palestinos como uma afronta.

Segundo a imprensa israelense, não houve relatos de vítimas de nenhum dos lados.

NAFTALI BENNETT

O parlamento de Israel votou no domingo (13.jun) pela formação de um novo governo. Com 60 votos a favor, 59 votos contra e uma abstenção, a maioria decidiu pela entrada de Naftali Bennett no lugar de Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro israelense. A mudança encerra o período de 12 anos de Netanyahu no poder.

CONFLITO EM MAIO

O cessar-fogo “mútuo e simultâneo” foi decidido depois de 11 dias de conflitos intensos. Segundo estimativas da ONU (Organização das Nações Unidas), cerca de 240 pessoas morreram durante o conflito, a maioria palestinos. Dentre esses, estão 65 crianças. A escalada de violência na região teve início no dia 6 de maio. quando as tensões subiram no bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental, por um possível despejo de famílias palestinas.

Mesmo depois de anunciar um cessar-fogo, Palestina e Israel voltaram a se enfrentar novamente no dia seguinte do lado de fora da mesquita Al-Aqsa, em Jerusalém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: