fbpx

Simulado da Defesa Civil prepara moradores do bairro Floresta para dias de chuva forte em Petrópolis

Um simulado da Defesa Civil de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, vai preparar os moradores do bairro Floresta, às 10h deste sábado (27), para agirem em caso de chuva forte. Eles vão treinar a utilização de apitos e o uso da rota de fuga segura, que foi demarcada e leva ao ponto de acolhimento, que fica na Escola Municipal Duque de Caxias.

A ação demonstra, na prática, como funciona o “Sistema de Alerta e Alarme Alternativo para Escorregamentos”, que foi implementado na comunidade pela Prefeitura por meio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

Ao g1, a Defesa Civil explicou que a rota que será utilizada no simulado é a principal, que tem seu trajeto demarcado. Porém, no bairro ainda existem rotas de fuga alternativas, que já são de conhecimento dos moradores. Todas as rotas levam à escola, que é o ponto de apoio.

Demarcação na principal rota de fuga segura no bairro Floresta, em Petrópolis, onde os voluntários com o apito ficarão posicionados — Foto: Divulgação Defesa Civil de Petrópolis

O projeto, piloto no bairro, começou a ser estruturado em outubro e tem como mecanismo o uso de apitos para o acionamento da população em caso de emergência, já que não existe sistema de sirenes instalado no local. A ideia é expandir a iniciativa para outras áreas que também não possuem sistema de sirenes. A ação no Floresta conta com 16 voluntários, que usarão os apitos após receberem alertas da Defesa Civil, enviados por aplicativo e boletins.

No simulado, o grupo vai receber os apitos, capas de chuva, coletes de identificação dos voluntários e lanternas para utilização nos dias de chuva forte, quando receberem o alerta da Defesa Civil.

“Essa é a etapa final do projeto, vamos mostrar como será o funcionamento desse sistema que conta com a participação e engajamento da população. Esse é um projeto que estabelece uma nova cultura de prevenção de desastres, para uma comunidade mais resiliente. Nosso objetivo é mitigar riscos e salvar vidas e isso será possível através do comprometimento dos moradores em seguir as orientações da Defesa Civil”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

Ainda segundo a Defesa Civil, “a conclusão do trabalho se dá de forma antecipada ao início do período de chuvas no município e marca as ações do Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres, comemorado anualmente no dia 29 de novembro”.

Durante toda a ação, os moradores serão instruídos pelos agentes da Defesa Civil.

“Esse simulado é fundamental para que a comunidade esteja orientada a como agir nos momentos de acionamento em dias de chuva forte. Esse projeto vai fazer a diferença na vida dessas pessoas”, destacou o prefeito Hingo Hammes.

Além da adesão dos moradores, a estruturação do projeto na comunidade foi subsidiada pelo Rotary Club de Petrópolis.

Simulado com os moradores do bairro Floresta, em Petrópolis, será conduzido pelos agentes da Defesa Civil — Foto: Daniel Câmara/Defesa Civil de Petrópolis

O projeto

O primeiro passo para o funcionamento do projeto foi a estruturação do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (NUDEC), que conta com a participação dos 16 moradores da localidade que disseminam aos demais as orientações de segurança da Defesa Civil.

Já na fase da estruturação, ocorreram as seguintes ações:

  • Mapeamento de áreas de risco;
  • Definição e sinalização de rotas de fuga seguras;
  • Definição do ponto de apoio para o acolhimento dos moradores;
  • Além da demarcação de áreas para o posicionamento dos voluntários que farão o acionamento dos apitos quando orientados pela Defesa Civil, por meio de grupo de comunicação por aplicativo.

“Durante o simulado vamos reforçar toda a capacitação feita com os moradores, que a partir das nossas orientações poderão atuar de forma mais segura e assim preservar vidas”, destacou o diretor de Operações da Defesa Civil, o Tenente Coronel Marcelo Abreu.

No sábado, também haverá, nas comunidades que possuem sirenes, o teste dos equipamentos. O trabalho será feito em conjunto com a Secretaria de Estado de Defesa Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: