Shows virtuais encerram programação festiva pelos 404 anos de São Pedro da Aldeia

Projeto desenvolvido pela Secretaria de Cultura reuniu cerca de 50 músicos em 10 lives para marcar as comemorações pelo aniversário da cidade  

O encerramento das comemorações pelos 404 anos de São Pedro da Aldeia foi recheado de atrações musicais virtuais. As duas últimas noites de programação foram marcadas pela transmissão ao vivo dos shows de Gabriel Barbé & Trio, banda Flow, banda CB22, Young Melody Banda e Thomáz Melo, que apresentaram para o público uma seleção de sucessos da música clássica, pop, rock, Bossa Nova e da Música Popular Brasileira (MPB).   

Ao todo, 10 lives foram promovidas pela Secretaria Adjunta de Cultura, ao longo de três semanas, reunindo cerca de 50 músicos e artistas locais. O evento, transmitido exclusivamente pela página da Prefeitura no Facebook, rendeu milhares de visualizações na rede social e também reforçou a campanha solidária “Cultura Contra a Fome” que busca arrecadar alimentos não perecíveis para os artistas e agentes culturais da cidade. A campanha tem como ponto de apoio a Casa da Cultura e a Biblioteca Municipal.  

Ao final do evento, o secretário adjunto de Cultura, Thiago Marques, fez agradecimento público a todos os músicos e parceiros do projeto. “Quero fazer um agradecimento muito especial às dez bandas e aos mais de 50 músicos e artistas locais que participaram desse projeto, que se preparam em um tempo curtíssimo e deram um show. Cada um de vocês merece todo o nosso apoio, todo o nosso aplauso e oportunidade. Quero, mais uma vez, agradecer ao prefeito Fábio do Pastel, porque sem o apoio dele nada disso teria acontecido, e a todas as secretarias que se empenharam para que esse projeto pudesse acontecer”, disse.   

Gabriel Barbé & Trio   

A primeira atração da sexta-feira (28) ficou por conta do quarteto de amigos liderado pelo violinista Gabriel Barbé, acompanhado pelo trio Anna Karolyne Calisto (violino), Isabelle Gomes (viola) e Josinei Costa (piano). A formação do grupo foi inspirada no método Suzuki de violino, com ênfase na educação musical para peças eruditas.   

O repertório incluiu uma seleção de músicas clássicas, passando por sonatas, duetos, árias, além de temas famosos de Boccherini, Pachelbel e Marinuzzi, o coro de Judas Maccabeus, de Händel, o minueto de Beethoven e a renomada composição musical do russo Tchaikovski, tema da clássica peça de ballet “O Lago dos Cisnes”.  

“Promover eventos artísticos como esse, que trazem diversos repertórios e estilos, é muito enriquecedor para as pessoas de nossa cidade. Durante a pandemia, lives como estas são uma forma segura de levar arte às pessoas e que pode alcançar pessoas em qualquer lugar”, destacou o violinista Gabriel Barbé.  

A apresentação emocionou o público, que acompanhou de casa. “Uma verdadeira aula de música”, escreveu Maria Capitolina. “Lindíssimo”, comentou Andrea Freitas. “Parabéns a toda equipe da Secretaria Adjunta de Cultura”, disse Fernando Chaves. “Maravilha!”, destacou Viviane Marques.  

Banda Flow      

A sexta-feira (28) foi encerrada em grande estilo com o show de pop da banda Flow. Formada por Alcindo Jr., o Mister (baixo), Mario Patti (bateria), Paulinho Perez (guitarra) e Shilanar Soares (vocal), o grupo trouxe hits do pop nacional e internacional, passando por sucessos nacionais, como “Palpite”, de Vanessa Rangel, “Ouvi Dizer”, do trio Melim e “Pupila”, de Anavitória, e internacionais, como “What’s Up?”, de 4 Non Blondes, “Linger”, de The Cranberries, “New Rules”, de Dua Lipa, “Put Your Records On”, de Corinne Bailey Rae, “More Than Words”, do Extreme e a famosa canção de Gloria Gaynor, “I Will Survive”, tema do filme “Priscilla, a Rainha do Deserto”, de 1994.  

“A gente agradece à prefeitura e à Secretaria de Cultura por essa iniciativa. Foi muito bonito ver a presença de todos esses artistas que prepararam um trabalho bacana para apresentar, para entrar nas casas das pessoas. Que a gente possa continuar incentivando a arte e a cultura na nossa região e que esse trabalho possa ficar na memória de todos os aldeenses”, destacou Shilanar.  

A apresentação do grupo também fez sucesso entre os internautas. “Voz magnífica”, elogiou Augusto Azevedo. “Tudo muito bom! A solista me encantou com a sua versatilidade e humildade. Parabéns”, escreveu Carlos Gomes. “Música de qualidade”, disse Adilson Ferreira. “Lindo, só música boa. Obrigada por me fazer mais feliz essa noite”, comentou Karla Barreto. “Todas as músicas cantadas por Shay ganham um novo brilho”, enalteceu Maria Roza Oliveira.  

“Acreditamos que iniciativas como esta, sobretudo neste cenário de pandemia, promovem a propagação da cultura, a valorização da arte no município, ajudam a movimentar a economia e a incentivar os artistas a continuarem produzindo”, completou o baterista Mario Patti.  

CB22 – Tributo à Charlie Brown Jr.  

A programação de sábado (29) teve início com o rock brasileiro da banda CB22, nascida como um tributo ao Charlie Brown Jr. Formado por Jonathan Soares (bateria), Eduardo Meirelles, o Dudu (vocal), Antonio Andrade (contrabaixo) e Victor Andrade (guitarra), o grupo relembrou sucessos inesquecíveis da banda santista, que mistura rock, rap, reggae e punk, com letras influenciadas pelo skate e críticas à sociedade contemporânea.  

O repertório incluiu canções que ficaram eternizadas na voz de Chorão, cantor falecido em 2013, como “Vícios e Virtudes”, “Me Encontra”, “Só Por Uma Noite”, “Tamo Aí Na Atividade”, “Pontes Indestrutíveis”, “Zóio de lula”, “Proibida Pra Mim”, “Não É Sério”, “Ela Vai Voltar”, Papo Reto”, “Lugar ao Sol” e “Vou Te Levar”, tema em 2006 da telenovela global “Malhação”.  

“A banda estava parada há mais ou menos um ano e meio. Para quem vive de música, essa iniciativa da Secretaria de Cultura foi muito importante e com certeza ajudou muito os músicos de São Pedro da Aldeia. Somos todos aldeenses e ficamos muito felizes por poder tocar no aniversário da nossa cidade. O evento foi maravilhoso e a gente só tem a agradecer à Prefeitura, ao prefeito Fábio do Pastel e ao secretário Thiago por essa moral”, disse o vocalista Dudu.  

O show atraiu fãs e admiradores do trabalho da banda. “Mandaram muito bem”, escreveu Adelino Durães. “Muito bom”, disse Flávia Ferreira. “Adoro vocês”, comentou Iasmin Falcon. “Sonzera. Muito bom!”, elogiou Aline Siqueira. “Parabéns!”, escreveram Tereza Cunha e Nadia Castro. “Os melhores. Amo!”, comentou Adriane Andrade.  

Young Melody Banda     

Em seguida, a Young Melody Banda abrilhantou a noite trazendo o requinte da Bossa Nova. Formado por Felipe Oliveira (trompete), Sandro Marques (saxofone), Jorge Rafael (bateria), Fábio Azeredo (teclado) e Karina Samaniego (vocal), o grupo chamou a atenção por também trazer aspectos históricos sobre o estilo musical brasileiro, que ganhou o mundo ao renovar o modo de tocar samba. Entre seus maiores representantes estão Tom Jobim, Vinícius de Moraes e João Gilberto.  

O setlist incluiu canções como “Stand By Me”, de Ben E. King, “Paradise”, de Coldplay, “Can’t Help Falling In Love”, de Elvis Presley, “A Thousand Years”, de Christina Perri e “Fly Me To The Moon”, de Frank Sinatra, além da interpretação de sucessos brasileiros como “Carinhoso”, de Pixinguinha, “As Rosas Não Falam”, de Cartola, “Chega de Saudade” e “Corcovado”, de João Gilberto, “Samba de Verão”, de Marcos Valle, e “Garota de Ipanema” e “Eu Sei Que Vou Te Amar”, de Tom Jobim, na voz de Karina Samaniego.  

“Agradeço à Prefeitura e à Secretaria de Cultura por estarem nos dando esse espaço. Só temos que parabenizar ao secretário de Cultura e toda sua equipe por promoverem esses shows, levando entretenimento às pessoas que não podem sair de casa e, ao mesmo tempo, dando visibilidade aos artistas da cidade de São Pedro da Aldeia”, destacou o trompetista Felipe Oliveira  

O show também agradou o público de casa. “Gosto muito da suavidade da música”, escreveu Eloisa Reis. “Muito linda essa live”, comentou Luizinho Kavaco. “Estou amando. Cantando aqui”, disse Paula Mello. “Todos aqui em casa assistindo”, destacou Marisônia Diniz. “Música boa é sempre bom”, disse Katia Regina.  

Thomáz Melo    

Encerrando a programação das lives pelos 404 anos de São Pedro da Aldeia, o cantor Thomáz Melo agitou o público de casa apresentando uma seleção de hits e clássicos da Música Popular Brasileira (MPB). O repertório contou com canções como “Eu Te Devoro” e “Se”, de Djavan, “Final Feliz”, de Jorge Vercillo, “Carla”, do LS Jack, “Primeiros Erros”, de Capital Inicial, “Só Hoje”, de Jota Quest, “Tempo Perdido” e “Pais e Filhos”, de Legião Urbana, “Esperando na Janela”, de Gilberto Gil, “Borbulhas de Amor”, de Fagner, dentre outros sucessos que marcaram a música brasileira.  

Para o show, o artista, nascido e criado em São Pedro da Aldeia, esteve acompanhado por Everton Delgado (bateria), Fábio Silveira, o Bibito (contrabaixista) e Renan Leal (teclado). “Muito bom estar aqui comemorando os 404 anos da nossa querida São Pedro da Aldeia. Queremos agradecer ao secretário Thiago, toda sua equipe e ao prefeito Fábio do Pastel por esse movimento maravilhoso”, destacou o Thomáz.  

A apresentação também rendeu muitos comentários positivos na rede social. “Repertório show”, escreveu Juçara Leal. “Parabéns pelo evento, prefeitura e secretaria de Cultura. Altíssimo padrão, primeira qualidade”, Raffael Souza. “Qualidade total”, Alex Sandro. “Nota 10”, escreveu Jorge Camilo. “Show”, disse Artur Pereira. “Parabéns”, comentou Vitor Costa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: