Serviços de saúde e assistência social durante ‘Prefeitura Presente’ em Austin

Vivendo apenas com uma renda mensal de R$ 350, o biscateiro Marcelo da Silva, de 42 anos, deu nesta segunda-feira (18), um passo importante para regressar ao mercado de trabalho para poder sustentar sua família. Desempregado há três meses, ele conseguiu tirar a segunda via da carteira de trabalho. O rapaz foi uma das centenas de pessoas que marcaram presença na 12ª edição do programa ‘Prefeitura Presente’, que esteve na Escola Municipal Franklin Bolivar Fernandes, no bairro Rodilândia, em Austin. O projeto da Prefeitura de Nova Iguaçu tem como objetivo levar ações gratuitas aos bairros mais afastados do centro comercial.

“Minha ex-mulher rasgou todos os meus documentos após uma briga e fiquei sem conseguir arrumar emprego. Sem a carteira de trabalho é difícil mudar de vida. Agora estou dando o primeiro passo para recuperar minha autoestima”, contou Marcelo da Silva.

Moradora de Rodilândia, a desempregada Severina Maria Cândido, 65, passou por testes rápidos de hepatites B e C, sífilis e HIV, aferição de pressão arterial e de glicemia capilar.

“Não podia deixar de cuidar da saúde já que todos esses serviços estão chegando aos bairros mais distantes do Centro. É uma oportunidade única de colocar a saúde em dia, pois como moro longe, fica difícil buscar uma unidade na região central de Nova Iguaçu. Esse programa tem que continuar”, pediu Severina.

Quem esteve no local ainda deu entrada na isenção da segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito de outros estados, cadastramento e recadastramento do Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada, Vale Social, carteira de trabalho, ID Jovem, distribuição da caderneta do idoso e reconhecimento de paternidade.

A presença da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG) com o projeto ‘Matemática na Praça’ também atraiu muitas crianças, que através de jogos e brincadeiras, aprenderam sobre a matemática.

O casal Luan Francisco da Silva Nascimento, 26, e Beatriz Cristina Vargas Costa, 21, também marcou ‘presença’ no ‘Prefeitura Presente’ com o filho Heitor Vargas, de apenas dois meses. Enquanto Luan passou por exames de glicose e aferiu a pressão, a esposa fez a pesagem do Bolsa Família.

“Tiramos o dia para fazer um mutirão da saúde e de serviços de assistência social. Só meu filho que não fez exames”, brincou Luan.

Subsecretário de Atenção Básica de Nova Iguaçu, Manoel Barreto, afirmou que o ‘Prefeitura Presente’ está se tornando importante para ajudar ao combate à sífilis no município.

“Estamos descentralizando os atendimentos aqui no programa e em todos os postos de saúde, onde são feitas testagens rápidas. Vamos diminuir esse crescimento de sífilis. Hoje é uma tarefa árdua fazer o diagnóstico precoce da sífilis, principalmente na gestante”, lembrou Manoel.

O ‘Prefeitura Presente já passou pelos bairros de Cabuçu, Dom Bosco, Prados Verdes, Parque Todos os Santos, Lagoinha, Cacuia e Austin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *