Senador Alessandro Vieira vai ao Conselho de Ética contra Heinze por cloroquina

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) anunciou nesta 3ª feira (8.jun.2021) que vai apresentar uma representação ao Conselho de Ética do Senado contra o colega Luiz Carlos Heinze (PP-RS). Na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, o gaúcho é um dos principais defensores do “tratamento precoce” de pacientes com remédios ineficazes para a doença, como a cloroquina e a hidroxicloroquina.

Considerando o contexto que a gente vem vivendo na CPI, com reiteradas tentativas de desinformação, e a repetição, apesar dos alertas feitos pela Mesa e por colegas, de documentos e dados que não correspondem à realidade, informo à comissão que estou apresentando uma representação no Conselho de Ética em face do colega Heinze, um amigo, de quem gosto, mas que está prestando um desserviço ao prestar repetidamente informações falsas”, disse Vieira.

Na sua vez de fazer perguntas ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que depõe à CPI nesta 3ª feira (8.jun), Heinze usou todo seu tempo para fazer uma extensa defesa do tratamento precoce, sem colocar qualquer questionamento ao cardiologista.

Sempre que foi perguntado sobre o tema, o ministro reforçou que os medicamentos defendidos pelo gaúcho não têm eficácia para enfrentar o novo coronavírus.

Diante do anúncio de Vieira de que o levaria ao Conselho de Ética, o senador governista negou que suas falas contenham falsidades e respondeu: “Pode entrar com representação, sem problema nenhum”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: