fbpx

Senado articula travar demandas do Itamaraty para inviabilizar ministro Ernesto Araújo

Uma articulação suprapartidária foi deflagrada no Senado para barrar toda pauta do Itamaraty na gestão do chanceler Ernesto Araújo. Com isso, o Legislativo pode inviabilizar na prática todas as demandas do Ministério de Relações Exteriores, principalmente no encaminhamento e aprovação de embaixadores para representação diplomática no exterior.

Em 2019, Bolsonaro não conseguiu emplacar o próprio filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para o cargo de embaixador nos Estados Unidos e foi obrigado a recuar da indicação.

Essa percepção de que Ernesto Araújo ficou inviabilizado no cargo cresceu entre senadores depois da audiência da quarta-feira, quando ele foi duramente criticado e recebeu pedidos de renúncia. Até o mesmo senadores governistas evitaram defender o ministro de Relações Exteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: