fbpx

Seminário promovido por Rosangela Gomes debate a juventude brasileira e os caminhos para retomada da educação e emprego

De iniciativa da deputada e quarta-secretária da Mesa Diretora, Rosangela Gomes (Republicanos-RJ), a Câmara dos Deputados promoveu, nesta terça-feira (23), o seminário “Juventude Brasileira depois da Pandemia: Caminhos para a Retomada da Educação e do Emprego”.


Rosangela abriu o encontro destacando a preocupação com o crescimento do número de jovens que não estudam e nem trabalham, os chamados “nem-nem”. “Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, a parcela de jovens, entre 15 e 29 anos, que estão simultaneamente fora do mercado de trabalho e fora do sistema educacional bateu o recorde de 29,33% no segundo trimestre de 2020. Esse é maior patamar da série iniciada em 2012”, afirmou.


O secretário nacional, Renato Junqueira, sugeriu a atualização dos conteúdos escolares. “É importante que a grade comum curricular no ensino público e privado tenha conexão com a atualidade. Precisamos de disciplinas como educação financeira, empreendedorismo e tecnologia”, disse.


Para apresentar um retrato da juventude no país, o presidente do Conselho Nacional da Juventude do Brasil, Coordenador do Atlas das Juventudes, Marcus Barão, chamou a atenção para o crescimento do número de jovens que pensaram em interromper os estudos durante a pandemia. “O número saltou de 28%, em 2020, para 43%, em 2021. Ao analisar os números dos estudantes que realmente abandonaram os estudos, vemos que a principal causa da desistência foi a dificuldade financeira”.


Muitos jovens estavam presentes no auditório e tiveram a oportunidade de fazer perguntas e tirar suas dúvidas ao final de cada painel. O jovem Samuel Gomes Amorim falou sobre a importância do evento: “Esse tipo de debate nos dá a oportunidade de levantar questões como a educação e o mercado de trabalho no pós-pandemia, nossas expectativas e o nosso papel nesse contexto.”


O evento contou com três mesas, os convidados deram sua contribuição por meio de seus olhares e experiências diante de suas funções. O primeiro painel contou com a participação do deputado Reginaldo Lopes (PT/MG), do Coordenador de estudos de trabalho e renda do IPEA, Carlos Henrique Corseuil, do Presidente do Conselho Nacional da Juventude do Brasil, Marcus Barão e do Secretário Nacional do Jovens Republicanos, Renato Junqueira.

O segundo Painel teve a contribuição da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM/TO), Coordenador-Geral de Ensino Médio do Ministério da Educação, Fernando Wirthmann Ferreira, do Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados Maurício Holanda, do  Reitor do Instituto Federal de Educação e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), Rafael Almada e da Oficial de Educação do UNICEF, Júlia Ribeiro. E por fim, no terceiro painel, tivemos a presença do Deputado Afonso Motta (PDT/RS), da Secretária Nacional de Juventude do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Emilly Coelho, do Subsecretário de Políticas Públicas de Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência, Sylvio Eugenio e do Professor da FGV, Daniel Barcelos Vargas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: