fbpx

Sem clube, medalha de bronze em Pequim vira motorista de aplicativo

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, a velocista brasileira Rosangela Santos desabafou nesta semana sobre seu futuro no atletismo. A atleta revelou ter sido dispensada do E.C. Pinheiros e que hoje está trabalhando como motorista de aplicativo para completar sua renda.

Segundo a velocista, a dispensa do Pinheiros aconteceu “sem nenhuma explicação plausível”

A atleta ainda não descarta uma aposentadoria precoce das pistas, visto a situação nada confortável. “Estou vendo que o momento de me aposentar do atletismo está cada vez mais perto”, afirmou.

Além da medalha de Bronze na Olimpíada de Pequim no revezamento 4×100, Rosangela também participou de quatro Jogos Olímpicos: Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: