Sem a chegada de novas doses, vacinação terá cronograma alterado em Volta Redonda

A exemplo do que está acontecendo em todo o país, Volta Redonda também foi afetada pela escassez de vacinas contra a Covid-19. Os primeiros a sentirem o impacto são as pessoas que compõem o público de 60 a 89 anos, que realizaram o cadastro prévio pelo site da Prefeitura. Estas pessoas estavam inicialmente agendadas para serem vacinadas entre os dias 18 e 19 de fevereiro, mas terão uma nova data para receber a dose do imunizante – mediante a chegada de novas doses enviadas pelos governos Federal e Estadual.

A Secretaria de Saúde informou que os cadastros existentes serão usados para, quando mais doses da vacina chegarem, avisar as pessoas sobre a nova data. O contato será feito através do número de telefone e endereço de e-mail informado no cadastramento.

A Secretaria de Saúde informou ainda que não recebeu, pelo menos até o momento, nenhuma notificação sobre a chegada de uma nova remessa de vacinas até o Carnaval.

As novas doses recebidas na quinta-feira, dia 11, no total de 2.160, estão sendo usadas para garantir a primeira dose da vacina nos idosos acima de 90 anos de idade. Através do cadastro, de imediato foram identificados 795 idosos nessa faixa etária. Pessoas acamadas acima de 90 anos são 140, também identificadas no cadastramento, além dos profissionais de saúde acima de 50 anos.

A vacinação nas pessoas acamadas já começou, mas na próxima segunda-feira e terça, dias 15 e 16, não haverá aplicação nas Unidades Básicas de Saúde e da Família (UBSF) devido ao feriado. Ela será retomada na quarta-feira de Cinzas, dia 17, sendo que nesse dia os idosos acima de 90 anos com agendamento prévio receberão a dose na Unidade Básica de Saúde (UBS) escolhida no cadastro. As pessoas acamadas e já agendadas continuarão recebendo a vacinação em domicílio.

Na quinta-feira, dia 18, os profissionais de saúde atendidos na primeira leva receberão a segunda dose da vacina. A Secretaria de Saúde explicou que está priorizando os idosos com idade mais elevada, conforme orienta o Ministério da Saúde, junto com os profissionais de saúde.

Quais grupos já foram totalmente imunizados?

Atualmente os idosos que vivem nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) receberam a segunda dose da CoronaVac nessa semana, entretanto a imunização se dá após 15 dias do recebimento da última dose. Além disso, profissionais de saúde, que atuam na linha de frente de combate à Covid-19, em hospitais já começaram a receber a segunda dose no Hospital São João Batista, Hospital do Retiro e no Serviço de Pronto Atendimento – Cais Conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: