Secretário de Saúde Estadual,Carlos Alberto Chaves, visita Polo de Atendimento a Covid-19 em Mesquita

Desde o começo da pandemia, investi em ações que auxiliassem na triagem e tratamento dos pacientes com suspeita de covid-19. Foram 10 meses de atendimentos com exames, remédios e o que mais pudéssemos oferecer aos munícipes e moradores de outras cidades do Rio, o que esgotou nossos recursos na saúde. Por isso, nesta terça-feira, 22 de dezembro, convidei o Secretário de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, Carlos Alberto Chaves, para visitar Mesquita.

A visita foi oferecida durante uma das reuniões do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (CISBAF). Na ocasião, pedi para que ele conhecesse nossa estrutura, assim entendendo a importância do nosso trabalho. Apresentei as entregas que pretendo fazer em Mesquita, inaugurando mais 4 unidades de Clínica da Família e uma nova Policlínica Municipal, em Cosmorama.

Projetos que somente serão realizados pela eficácia do que já entregamos. Atualmente, temos 7 unidades de atenção básica em funcionamento, todas entregando mais de 20 mil atendimentos por mês. Um trabalho ágil, pois foquei na desburocratização e informatização dos setores durante a minha gestão.

Através da internet, por exemplo, os mesquitenses têm acesso aos seus exames. O Laboratório Municipal de Mesquita (LACEME) disponibiliza online o resultado dos mais de 150 tipos de exames feitos. Até o dia da visita, mais de 7 mil exames haviam sido realizados, entre os quais mais de 4 mil eram Tomografias e Raio-X, essenciais para o diagnóstico do coronavírus.

Visita ao Polo de Atendimento da Covid-19

Por fim, acompanhei o secretário ao nosso Polo de Atendimento a Covid-19, na Vila Olímpica Municipal de Mesquita. Uma unidade de referência para o tratamento da doença e que precisa ser replicado em outros municípios. Contei com a presença, também, do pesquisador da Fiocruz e responsável pela idealização da saúde básica do município, assim como da abertura do Polo, Daniel Soranz.

Juntos, explicamos ao secretário a necessidade de aplicar verbas públicas em lugares como este. Lá, realizamos exames rápidos e SWAB para a identificação do vírus, além de tomografias e radiografias, práticas que desafogam as emergências, impedindo que os moradores busquem os hospitais correndo o risco de se infectarem.

A visita foi, também, uma oportunidade de apresentar a nossa transparência e oportunizar financiamentos direcionados ao setor de saúde. Quero e posso fazer mais pelo meu município e conto com os demais poderes, federais e estaduais, para que possa ampliar o atendimento municipal de Mesquita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: