fbpx

Secretário de Agricultura do Estado se reúne com o prefeito de Casimiro de Abreu e protetores de animais do município

 Informação, descontração e muita animação por uma causa: os animais! Assim foi a reunião do secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Marcelo Queiroz, com os protetores de animais do município. A reunião aconteceu no sábado, dia 20, com o objetivo de instruir os protetores sobre o programa piloto de castração do governo do estado. O prefeito Ramon Gidalte e demais integrantes da equipe de governo também participaram do encontro.

O programa, que já está em andamento no município, trata da castração gratuita de cães e gatos, principalmente dos animais de rua. Qualquer pessoa pode cadastrar um animal por CPF e os protetores podem cadastrar e agendar a cirurgia de oito animais por mês. A cirurgia acontece na Clínica Veterinária Luana Cardoso, e os moradores de Barra de São João, se desejarem, podem procurar a clínica Apaixonados por Quatro Patas, em Rio das Ostras. Para realizar as castrações é necessário acessar o link https://rjpet.com.br/entrar

Na reunião, os protetores presentes foram orientados sobre a necessidade de se cadastrar como protetor, junto à Secretaria de Agricultura. Eles têm que encaminhar para o email rjpet@agricultura.rj.gov.br os seguintes documentos:  RG, comprovante de residência atualizado do estado do Rio de Janeiro, declaração de um médico veterinário reconhecendo o trabalho de protetor realizado e documentos que comprovem a prática, dados completos do local de acolhimento dos animais.

Para o prefeito Ramon Gidalte o momento foi muito promissor e mostrou o quanto a relação estado, município e sociedade é eficaz. “A causa animal tem todo meu apoio. Mesmo com tantas burocracias, estamos avançando nas políticas públicas voltadas para os animais. Essa parceria com o governo do estado é muito importante, o que tiver ao alcance do governo municipal vamos realizar. Quero que Casimiro de Abreu seja uma referência na causa animal”, destacou o prefeito.

Para Marcelo Queiroz o dia era de festa. “Estou muito feliz com esse encontro e percebemos o quanto a sociedade civil e o município estão engajados na causa. É a primeira vez que o estado realiza alguma política para os animais, o modelo é inédito no Brasil, e todos podem participar. Sabemos que os problemas dos animais de rua são muitos (a falta de um abrigo, maus-tratos, ração), mas no momento estamos focando nas castrações, nossa meta é 100 mil animais castrados”, disse o secretário estadual que aproveitou a ocasião e anunciou o envio de máquinas e materiais para a manutenção das estradas vicinais do município.

Participaram também do evento os vereadores Marcelo Mota, Pedro Gadelha e Maria de Fátima Francisco, que também é a presidente da Comissão Permanente da Câmara de Defesa dos Animais.

A causa animal vem ganhando cada vez mais força na sociedade e no poder público. De acordo com a Lei 9.605/98, é crime praticar maus-tratos com animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos, com pena de três meses a um ano de detenção para quem praticar. Existem várias condutas que podem caracterizar maus tratos, como abandono, falta de abrigo do sol e chuva, entre outras. No município, os crimes podem ser comunicados à Secretaria de Meio Ambiente, nos telefones 2778-1732 ou 153.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: