Secretaria Municipal de Estradas e Rodagens de Trajano de Moraes melhora trechos na estrada de acesso ao Retiro

Não é de hoje que a época de chuvas fortes traz transtornos e prejudica, principalmente, a infraestrutura de quem mora na zona rural. O volume acima da média e a força da água abrem buracos e até valetas nas estradas. Preocupado com o escoamento da produção agrícola e pecuária, o prefeito Rodrigo Viana e o vice Matias Mendes, solicitaram o reparo imediato nos trechos danificados. A localidade de Retiro, por exemplo, já recebeu melhorias. No local a força da água abriu crateras e arrancou manilhas.

O chefe do executivo afirma que as equipes do setor estão quase que exclusivamente empenhadas para sanar os estragos que as chuvas vêm gerando. “Os trabalhos são contínuos. As nossas máquinas estão sempre no serviço, tentando arrumar as estradas. A gente tem recebido muitas mensagens de pessoas com problemas, porque a chuva fez valetas ou outras coisas, mas é preciso um pouco de paciência, porque estamos trabalhando bastante”, explica.

Atento aos pedidos, ele informa que as estradas vêm ganhando uma atenção especial. “Estamos dando prioridade porque as chuvas danificaram alguns pontos. Estamos reparando primeiro os pontos mais danificados para dar tempo de atendermos a todas as solicitações. Infelizmente nessa época do ano o volume de chuva fica acima do esperado o que causa danos enormes na zona rural. Mas não estamos poupando esforços para melhorar os acessos”, garante.

Ao longo dos últimos dias, as equipes atuam de maneira intensa para corrigir os trechos prejudicados. Mas um dos problemas vistos pela gestão pública municipal é a própria chuva, que além de danificar, acaba impedindo os consertos. “Tão breve o tempo nos deixe trabalhar, a gente vai amenizando essas situações nas estradas vicinais do município”, enfatiza o vice-prefeito Matias Mendes.

Mesmo com os transtornos, ele ressalta que as ações realizadas ainda no ano passado colaboraram para que os danos fossem menores neste ano. “No ano passado foi feito um bom trabalho. Neste ano, as estradas foram danificadas pelas chuvas, mas não tanto, devido ao esforço feito anteriormente. Na verdade, a gente precisa sempre se precaver para a temporada das chuvas. Sempre ocorrem danos”, conclui o vice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: