Secretaria do Ambiente e Inea reprimem extração ilegal de areia

Extração clandestina de areia foi o alvo de uma operação deflagrada, nesta quarta-feira (7/07), pela Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais, e pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) no município de Seropédica, na Região Metropolitana do Rio. A ação foi desencadeada a partir de trabalho de inteligência baseado em levantamento e rastreamento da região.

No bairro Campo Lindo, a equipe flagrou a retirada de areia que era realizada sem a devida licença ambiental. A intervenção foi paralisada, uma escavadeira foi apreendida e três pessoas foram detidas e conduzidas à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) onde prestaram esclarecimentos. Os infratores ambientais serão autuados pela prática ilegal.

A extração de areia realizada de forma clandestina (sem licença ambiental) pode causar danos ao meio ambiente como desmatamento da mata ciliar, erosão e assoreamento de corpo hídrico, além da diminuição da biodiversidade. A mesma  constitui crime ambiental sujeito a penalidades previstas na Lei 9.605/98 como multa e detenção de seis meses a um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: