Secretaria de Educação convoca mil professores e faz migração de 500 educadores para 40h

A Secretaria Municipal de Educação do Rio vai convocar 1.000 professores aprovados em concursos entre 2016 e 2019. Além disso, a pasta irá migrar outros 500 educadores que, hoje, cumprem o regime de trabalho de 16 horas, 22,5 horas ou 30 horas semanais, para o regime de 40 horas. A medida permitirá que mais profissionais tenham dedicação exclusiva a uma escola e atende a uma antiga reivindicação da categoria.

Serão chamados educadores de diversas disciplinas e etapas escolares, de concursos realizados entre 2016 e 2019, para vagas de Professor de Educação Infantil; Professor Adjunto de Educação Infantil; Professor de Ensino Fundamental – Anos Iniciais; e Professor de Ensino Fundamental – Anos Finais.

– Essa é mais uma grande vitória da Educação do Rio. Estamos trabalhando há meses para esse momento e fico muito feliz em poder anunciar a convocação de 1000 professores e a migração de outros 500 educadores. A Secretaria de Fazenda tem feito um trabalho crucial para sanar as dificuldades financeiras do município e isso nos permite convocar e migrar professores. Por sinal, sou um entusiasta do regime de 40 horas que possibilita ao educador dedicar mais tempo à escola – explica o secretário.

Atualmente, a rede de Educação conta com cerca de 38,5 mil professores ativos. Para o secretário municipal de Educação do Rio, Renan Ferreirinha, essa é uma conquista para a categoria e que vai gerar impacto positivo nos alunos da rede:

– Nossa principal missão é melhorar a aprendizagem, muito afetada pela pandemia, para que a Educação transforme a vida dos nossos estudantes. Com essa primeira convocação e migração, teremos mais profissionais colaborando com esse trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: