fbpx

Secretaria de Assistência Social localiza familiares de morador em situação de rua em São Pedro da Aldeia

Irmãos que vieram de São Paulo convenceram o homem a voltar pra cidade de origem

Final feliz para um morador em situação de rua que há cerca de quatro meses vivia perambulando próximo à rodovia RJ-106, na área urbana de São Pedro da Aldeia. Ele, que recusava qualquer tipo de ajuda, foi levado para sua cidade natal, no interior de São Paulo,nesta quinta-feira (22). Um casal de irmãos, que foi trazido pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), chegou a São Pedro pela manhã para ajudar a conduzi-lo a sua casa, de onde estava afastado havia sete anos.  

A ação, que contou com o apoio de homens da Guarda Municipal, foi articulada pela secretária da SASDH, Diana Alves. “A SASDH tem oferecido um atendimento diferenciado e humanizado com as pessoas que se encontram em situação de rua. Hoje, os irmãos me agradeceram muito pela iniciativa da secretaria e ter  conseguido fazer contato com a família, choraram muito. E eu sou muito grata às equipes do Creas, que são incansáveis nestes trabalhos” disse Diana. 

O quadro do rapaz sensibilizou muitos moradores da cidade, já que ele vivia no meio mato, ao relento e no frio extremo, sem as mínimas condições de moradia. Durante todo esse período, após inúmeras tentativas  das equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social oferecido pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), ele rejeitou os convites de acolhimento em abrigo ou até mesmo para que fosse reconduzido à família por meio de passagem para a cidade de origem. 

A subsecretária Claudia Brasil também participou do encontro entre os irmãos nesta quinta,  ” A gente não desiste nunca. É mais uma vida que conseguimos fazer retornar para a sua cidade de origem, para o seu seio familiar. A gente consegue resgatar os laços familiares e comunitários que estavam desfeitos por todo esse tempo”, comentou Claudia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: