‘Se fosse, de alguma forma, útil, a gente não teria os números que têm’, diz Luana Araújo sobre Kit Covid

Em depoimento à CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (2), a médica infectologista Luana Araújo, ex-secretária extraordinária de combate à covid-19 do Ministério da Saúde, disse que houve distribuição farta dos chamados ‘kits Covid’ em todo o território nacional e eles não tiveram impacto positivo nos dados.

“Embora a gente saiba que o SUS não patrocina a distribuição dos chamados ‘kits Covid’, essa distribuição aconteceu fartamente em território nacional. E se eles fossem, de alguma forma, úteis, a gente não teria os números que a gente tem hoje. Isso é muito simples”, afirmou.”Existem estados que se a gente cruzar a letalidade da doença nas cidades com a distribuição do kit, a gente vai ver que ele não teve qualquer impacto nesse sentido”, continuou.

A infectologista também disse que não acredita na má-fé dos gestores, mas que haja falta de organização nessa questão. “Eu não acredito que os gestores, essa é uma concepção pessoal, façam o que quer que seja por má-fé, mas acho que existe uma necessidade de um preparo, nesse sentido, um pouco maior”.

Além disso, em resposta ao senador Rogério Carvalho (PT-SE), a médica reforçou que suas afirmações durante as oitivas são baseadas na ciência, que “não é opinião, é método”. “Ciência é feita com o desenvolvimento de atividades específicas que se encadeiam para que a gente tire de nós a responsabilidade de arcar com fatores de confusão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: