Saúde Maricá realiza live sobre violência à criança e ao adolescente

A Secretaria Municipal de Saúde de Maricá, através da Atenção Primária à Saúde, realiza nesta terça-feira (18/05) live sobre o tema “Desafios para o enfrentamento à violência à criança e ao adolescente, às 14h”. O acesso deve ser feito pela plataforma Zoom , no link: https://conasems-br.zoom.us/j/97403702968. O evento online contará com a intérprete  de  Libras Karen Billé, do Centro de Referência em Políticas Inclusivas de Maricá (CRPI).

A live será mediada pela médica pediatra Ana Christina Escrivães, integrante do Programa da Saúde Integral da Criança e Adolescente (PAISCA) de Maricá e do Núcleo de Prevenção de Violência de Maricá e contará com quatro palestrantes, que falarão por 10 minutos cada. São eles: a médica pediatra Fernanda Fialho, coordenadora do Núcleo Estadual de Saúde para Prevenção e Atenção às Violências; a bacharel em Direito Tatiana Toste, representante do Conselho Tutelar do Centro de Maricá; a psicóloga Priscila Gramosa da Conceição, representante do Conselho Tutelar de Inoã – Maricá; e o psicólogo Atayde Bezerra, Gerente do CAPS Infantil Maricá.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), embora não haja ainda estatísticas oficiais, é notório o número crescente de violência contra crianças e jovens durante a pandemia de Covid-19, uma vez que a vítima está limitada ou presa no ambiente domiciliar. De acordo com a subsecretária de Saúde de Maricá, Solange Oliveira, com a interrupção das aulas, e o fechamento de outros espaços, onde também aconteciam a construção de vínculos de confiança com adultos fora de casa, ficou ainda mais desafiador a descoberta da violência doméstica.

“O prolongamento dessa situação de vulnerabilidade devido à pandemia, reforça nossa obrigação de agir. Ainda mais quando o agressor de crianças e adolescentes é alguém de dentro da família, que tem o dever legal de proteger e cuidar. Precisamos, enquanto poder público e enquanto sociedade, criar espaços de acolhimento e discussão para incentivar a responsabilidade de todos em proteger crianças e adolescentes, denunciando situações suspeitas”, ressalta a subsecretária.

A pediatra e mediadora da live  Ana Christina Escrivães, integrante do Programa da Saúde Integral da Criança e Adolescente (PAISCA) de Maricá explica a importância do tema.

“À princípio, nosso Núcleo de Prevenção de Violência de Maricá (NPVM) pensou promover um encontro virtual, devido a pandemia, para discutirmos esse tema com alguns profissionais experientes neste assunto. Mas vamos aproveitar a oportunidade para expandir a discussão sobre os desafios para o enfrentamento a todos os tipos de violência contra crianças e adolescentes e socializar o boletim epidemiológico dos casos notificados de violência à criança e adolescente, com a perspectiva de implementar políticas públicas para o enfrentamento da violência no município”, diz.

Para denúncias de abuso ou violência pode ser feito pelos telefones da Secretaria de Assistência Social de Maricá está sendo realizado pelos telefones (21) 97371-3293, 97635-5638 ou 97630-9619. Para denúncias de abuso ou violência doméstica, o contato deve ser feito pelo Disque 100 e Disque 180. Em caso de violência contra crianças, os telefones do Conselho Tutelar são 96676-2463 ou 99195-5496 (1º e 2º distritos) e 96675-3636 (3º e 4º distritos). Quem preferir, pode mandar e-mail para assistenciasocial@marica.rj.gob.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: