São Paulo oferece R$ 3,2 milhões por Kanu, mas Botafogo quer mais e analisa troca

O Botafogo negou a primeira proposta do São Paulo para levar o zagueiro Kanu. O clube paulista ofereceu R$ 3,2 milhões por 60% dos direitos econômicos do atleta, o que não agradou o lado alvinegro. A informação foi publicada primeiro pelo “Uol” e confirmada pelo ge.

Para liberar um dos destaques na temporada, os cariocas querem mais grana e estudam o elenco tricolor em busca de um reforço. A contraproposta enviada ao Morumbi foi de cerca de R$ 6 milhões por 50% dos direitos, segundo apurou a reportagem.

Kanu fez 49 jogos nessa temporada — Foto: Vitor Silva/Botafogo

O investimento seria alto demais para o São Paulo neste momento, ainda mais com a temporada castigada pela pandemia do coronavírus. No clube paulista, a informação é que o negócio “esfriou”. Uma alternativa seria chegar a um acordo que não envolva apenas dinheiro, mas também algum atleta que sirva ao Bota para montar o elenco para a disputa da Série B. Por enquanto, nomes não foram oferecidos.

Para o jogador, é uma oportunidade interessante de aproveitar o bom momento na carreira para permanecer na Série A e disputar a Copa Libertadores de 2021. A vitrine maior em São Paulo também pode servir para conseguir um negócio ainda mais lucrativo no futuro.

O Botafogo, por outro lado, tem menos pressa e faz jogo duro para valorizar um dos poucos jogadores que saem em alta da temporada de 2020. Com contrato de dois anos, Kanu está longe de ter um dos maiores salários do elenco. O clube tem mais pressa para negociar outros nomes, como o companheiro de zaga Marcelo Benevenuto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: