São Gonçalo bate recorde na vacinação contra covid-19

Nos últimos dois dias, município aplicou mais de 36 mil doses

São Gonçalo bateu recorde de vacinação contra o coronavírus no dia em que ampliou a aplicação da vacina para os jovens com mais de 18 anos. Foram 22.213 vacinas aplicadas na última sexta-feira (9). Neste sábado, foram mais 14.028 entre primeira e segunda doses. Ao todo, 544.627 pessoas receberam a primeira dose ou a dose única, o que corresponde a 63,93% da população vacinável. Imunizados são 164.679 pessoas, totalizando 19,33% da população. A cidade recebeu mais 6.540 doses de Coronavac e outras 11.178 da Pfizer e continua vacinando a toda a população com mais de 18 anos na segunda-feira (12).    

 Neste sábado, o prefeito Capitão Nelson visitou nove pontos de vacinação acompanhado do secretário de Gestão Integrada e Projetos Especiais, Douglas Ruas. Os doze pontos de vacinação e os três drives ganharam o reforço dos secretários municipais, que parabenizaram o trabalho realizado pelas equipes de saúde de São Gonçalo, bem como reforçaram a importância da vacinação no combate ao coronavírus. O secretário municipal de Saúde e Defesa Civil, Dr. André Vargas; e o subsecretário da Atenção Básica, o enfermeiro Maik Melo, também acompanharam o dia de vacinação para os jovens com mais de 18 anos. A ação, que representa um importante marco para a cidade, terminou no final da tarde, no Clube Mauá, onde o prefeito Capitão Nelson, após percorrer os pontos de vacinação do município, recepcionou os secretários.     

“Gostaria de agradecer o empenho de todos os servidores que estão nos ajudando. Os profissionais de saúde estão de parabéns. O gonçalense volta a ter orgulho de ser morador daqui e, juntos, vamos restabelecer ainda mais esse orgulho. Esse é o primeiro de muitos passos que ainda vamos dar ao longo do governo”, disse o prefeito, que lembrou que a vacina no município já está refletindo no índice de ocupação de leitos. “O resultado da vacinação reflete diretamente na ocupação dos leitos. O Hospital de Retaguarda está com apenas três leitos de enfermaria ocupados e isso mostra que a vacinação dá resultado, que a vacina é eficaz”, finalizou.   

 As ações tiveram início nas primeiras horas da manhã, quando o prefeito Capitão Nelson foi verificar o ritmo da vacinação no Cras de Vista Alegre. O local recebeu o reforço de servidores da Assistência Social. Na sequência, o chefe do Executivo esteve na Umpa do Pacheco, que contou com o apoio dos servidores da secretaria do Meio Ambiente. Na fila, a jovem Karine Fernandes, de 20 anos, estava há cerca de seis meses na espera e ansiosa.

“Estou esperando há seis meses por essa vacina e fico feliz da nossa cidade já estar imunizando toda a população adulta. Há muito tempo, não vejo uma gestão tão eficiente na saúde. O prefeito está de parabéns”, disse a moradora do Sacramento.  A terceira parada do prefeito de São Gonçalo foi no PAM Coelho, que contou com a colaboração de representantes da Secretaria de Educação. Depois, foi a vez do ponto de vacinação da Igreja Universal do Alcântara receber Capitão Nelson, com direito a uma apresentação do grupo Força Jovem Universal. Fechando a manhã, o Polo Sanitário Hélio Cruz foi vistoriado. A população compareceu em peso em todos os pontos e a vacinação ocorreu de forma tranquila.   

 Durante a tarde, o prefeito também visitou o drive da Feira Nordestina, o PAM de Neves, o Polo Sanitário Washington Luiz, Umpa de Nova Cidade e o Clube Mauá. Nesses pontos, representantes do secretariado marcaram presença.

“Estou muito feliz da população estar sendo imunizada para tentar fazer tudo voltar ao normal o mais rápido possível, já que o último ano foi muito difícil, com a perda de familiares e amigos por conta da doença. Acho muito bacana a prefeitura ter avançado a vacinação da população”, disse Beatriz Moniz, de 18 anos, moradora do Porto Velho, vacinada no PAM de Neves.     “Eu estava muito nervoso, mas não doeu nada e espero que as pessoas venham se vacinar  logo para acabar com a pandemia”, ressaltou Gabriel Coimbra, de 21 anos, morador do Rocha, que tomou a vacina no
Washington Luiz .     

Balanço – Desde o início da campanha, a cidade vacinou 544.627 pessoas. Destas, 21.496 receberam a dose única da Janssen. Ao todo, 32.265 trabalhadores da saúde, 136.319 idosos com mais de 60 anos, 1.692 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis), 105 pessoas de residências terapêuticas, dois indígenas, 83.321 pessoas com comorbidades, 1.324 pessoas com deficiência permanente, 8.218 trabalhadores da educação, 380 trabalhadores das forças de segurança e salvamento, 2.815 acamados, 268.061 pessoas da população em geral com mais de 18 anos, 3.590 pessoas privadas de liberdade, 39 pessoas em situação de rua, 302 portuários e 6.194 gestantes, puérperas e lactantes foram vacinados. Até as 17h deste sábado (10), 143.183 pessoas tinham sido imunizadas com a segunda dose.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: