Rio tem mais de mil internados em hospitais públicos, o maior número desde dezembro

Cidade do Rio tem mais de mil internados em hospitais públicos

A cidade do Rio tem mais de mil internados em hospitais públicos, o maior número desde o dia 22 de dezembro. Ao todo, são 1.091 internados — sendo 554 em UTI, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Outras 51 pessoas aguardam uma vaga em leitos de UTI em hospitais públicos da cidade.

Ainda segundo a secretaria, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid na capital continua acima de 91%.

Ocupação de leitos no município do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

A Prefeitura do Rio prometeu abrir mais 100 leitos de UTI até o final dessa semana através de um convênio com a rede particular de saúde.

O secretário estadual de Saúde do RJ, Carlos Alberto Chaves, garantiu que a rede não vai entrar em colapso porque quando um município atinge 100% de ocupação, eles acabam fazendo um remanejamento para outro que tem uma taxa mais baixa.

No domingo (14), a orla do Rio teve mais um dia de movimentação intensa após a liberação para o funcionamento de quiosques, bares e restaurantes junto às praias. Vendedores ambulantes também puderam trabalhar.

Vacinação suspensa

O calendário de vacinação contra a Covid-19 no Rio de Janeiro segue suspenso nesta segunda-feira (15). A imunização para primeiras doses foi interrompida na última sexta-feira (12), quando seriam vacinadas pessoas com 75 anos.

Neste domingo (14), o prefeito Eduardo Paes disse que a previsão inicial era de que chegariam mais doses na “terça ou quarta-feira”. Ele não quis, porém, fazer promessas e disse que aguarda o governo federal.

“Infelizmente, aí, só o governo federal mandando a vacina. A informação que tem é que chegaria mais terça ou quarta-feira. Mas, enfim, não quero confirmar porque tantas vezes deixou de acontecer, né? Então a gente vai esperar terça ou quarta-feira. Aqui no Rio chegou vacina a gente vai aplicar”, afirmou.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, das 460 mil doses já aplicadas no Rio, 42 mil — ou quase 10% — foram “para outros munícipes”.

“No Sistema Único de Saúde todas as pessoas podem se vacinar em qualquer unidade de qualquer município”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: