Rio de Janeiro é o estado que mais recicla latas pela Prolata no terceiro trimestre do ano

Estado reciclou mais de 3 mil toneladas de aço entre julho e setembro de 2022

Entre julho e setembro de 2022, o Rio de Janeiro reciclou 3.273 toneladas de aço pela Prolata, ficando em primeiro lugar no ranking de estados com melhores resultados. Atrás do Rio de Janeiro, os que mais reciclaram foram Paraná (3.150) e São Paulo (2.747). Ao todo, a associação Prolata, que tem como objetivo o recolhimento e valorização das latas de aço, reciclou mais de 15 mil toneladas no terceiro trimestre de 2022. As latas de tintas ou alimentos recolhidas são enviadas a siderúrgicas e revalorizadas, transformando-se em novas latas ou em outros itens de aço.

Os números dos Pontos Voluntários de Entrega (PEVs) e de cooperativas parceiras também aumentaram. Atualmente, a Prolata conta com 226 PEVs, cinco a mais do que no trimestre anterior, e 70 cooperativas em 18 estados, totalizando 1.693 cooperados. Além disso, há 40 entrepostos parceiros e o apoio de 14 fabricantes de latas de aço, 28 fabricantes de tintas, 11 fabricantes de alimentos, 41 redes de varejo e três grupos siderúrgicos, responsáveis pela revalorização e reciclagem do material.

Além do bom índice de aço reciclado, Thais Fagury, presidente executiva da Prolata e da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço), destaca a importância do aumento no número de Pontos de Entrega Voluntária. ”Os PEVs fazem parte de uma estratégia para que o aço cumpra as etapas da logística reversa, garantindo que as embalagens vazias sejam recebidas e recicladas da forma correta, gerando valor para toda a cadeia de reciclagem, especialmente com o envolvimento do consumidor final”, finaliza.

Sobre a Prolata

A Prolata é uma associação sem fins lucrativos, criada em 2012, pela cadeia de valor dos fabricantes de latas de aço no Brasil. Iniciativa da Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço) e coordenação e patrocínio em conjunto com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati) para o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei no 12.305/10, e demais políticas públicas de âmbitos federal, estadual e municipal, a Prolata obtém recursos de seus associados e parceiros investidores, os quais são integralmente aplicados na manutenção e desenvolvimento de seus objetivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.