Rio das Ostras vacina contra Covid munícipes de 55 e 54 anos com comorbidades

Pessoas que fazem parte desse grupo recebem a 1ª dose de AstraZeneca na próxima segunda, 24, e terça, 25 de maio

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio das Ostras divulgou mais uma etapa do calendário de vacinação contra Covid-19. Na próxima segunda-feira, 24 de maio, acontece a aplicação de 1ª dose da AstraZeneca para moradores de 55 anos com comorbidades. Na terça, 25, é a vez dos munícipes de 54 anos, também com comorbidades, receberam a primeira dose do imunizante.

Para receber a vacina, é necessário apresentar Cartão SUS/CPF, documento com foto, comprovante de residência em Rio das Ostras, além de relatório médico ou receita médica com 6 meses de validade ou laudo de exame que comprove a doença.


Confira horário e locais abaixo.

VACINAÇÃO – 1ª DOSE DE ASTRAZENECA

24/05 – Segunda  

Público-alvo: Pessoas de 55 anos com comorbidades

25/05 – Terça


Público-alvo: Pessoas com 54 anos com comorbidades

Horário: 9h às 16h

Locais:

·         Escola Municipal Acerbal Pinto Malheiros – Rua Nova Friburgo, s/nº, Jardim Marilea

·         Colégio Municipal Professora América Abdalla – Rua Carlos Viana, s/nº, Nova Esperança

·         Posto de Saúde do Âncora (ESF Âncora) – Rua das Acácias, 615, Âncora

·         Escola Municipal Rio das Ostras – Rua Santa Catarina, s/nº, Cidade Praiana

COMORBIDADES – São grupos prioritários de comorbidades, de acordo com o PNI, pacientes com diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão alvo e/ou comorbidade, insuficiência cardíaca, cor pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndrome coronariana, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doenças da aorta dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas no adulto, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, doença cérebro vascular, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática, imunossuprimidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: