Rio das Ostras convoca mais 40 profissionais para Educação Especial

Agora em abril, mês da conscientização sobre o Autismo, Rio das Ostras vive um avanço importante para esse público. Só este mês, mais 40 novos servidores foram convocados para atender, exclusivamente, aos alunos público-alvo da Educação Especial, que inclui aqueles com Transtorno do Espectro Autista – TEA.

A Prefeitura convocou, neste mês, 30 auxiliares educacionais, sete auxiliares de cuidados escolares e mais três professores de Educação Especial, que atendem, além dos alunos autistas, estudantes com deficiência e aqueles com altas habilidades/superdotação.

 

MAIS PROFESSORES – Com as convocações do VII Concurso Público, a Secretaria Municipal de Educação ampliou em 82% o quadro de professores para atendimento educacional especializado.

Os professores da Educação Especial participam do planejamento de estratégias, elaboração e uso de recursos acessíveis, ou orientação aos professores e família dos alunos com Transtorno do Espectro Autista – TEA, além de outros estudantes da Educação Especial.

Atualmente, são 52 servidores nessa função, atuando nas Salas de Recursos Multifuncionais e no Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado. Ao todo, são 38 espaços de atividades no contraturno escolar para o desenvolvimento integral dos alunos público-alvo da Educação Especial.

AUXILIARES – A Administração Municipal já convocou 424 auxiliares educacionais aprovados no VII Concurso Público Municipal. Eles atendem aos alunos que necessitam de apoio especial, orientando e acompanhando a realização de tarefas e desenvolvimento das atividades pedagógicas.

O auxiliar educacional oferece apoio na rotina desses estudantes: entrada e saída, embarque e desembarque do transporte escolar e também ajuda na locomoção, cuidados pessoais, alimentação, intervalos, recreios, atividades extraclasse e suporte na execução das atividades pedagógicas.

 A Educação Especial conta também com o auxiliar de cuidados escolares. No total, foram 38 inseridos no quadro da Secretaria da Educação, por meio do VII Concurso Público. O auxiliar de cuidados escolares acompanha e apoia os alunos da Educação Especial no desenvolvimento das atividades de vida diária, como locomoção, alimentação e higiene pessoal, orientando para o desenvolvimento da autonomia, de acordo com as particularidades de cada aluno.

QUALIFICAÇÃO – Para melhor atender ao público-alvo da Educação Especial, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer oferece diversas qualificações para os profissionais.  Ainda em abril, será iniciado o curso “O papel do auxiliar educacional no processo de inclusão do aluno com deficiência”. A formação trará discussões, estudos de casos e reflexões práticas para desenvolver um ambiente escolar mais inclusivo e acolhedor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *