Rio: Auxiliares de ambulantes receberão benefício de R$ 500 do programa Auxílio Carioca

Maria vendia quentinhas para ambulantes, que sumiram das ruas

Após reunião do secretário municipal da Fazenda, Pedro Paulo Carvalho, com vereadores da Câmara Municipal, ficou decidida a ampliação do benefício Auxílio Carioca para 3.515 auxiliares de ambulantes. O valor, que representa R$500 para cada beneficiado, será liberado na segunda-feira (17), e a prefeitura também estuda a instalação de um posto para atendimento presencial, apesar do processo ser possível de ser realizado remotamente. Ao todo, serão liberados R$ 1,757 milhões nesse recurso.

No final de março, o prefeito Eduardo Paes anunciou o programa Auxílio Carioca, uma espécie de auxílio emergencial para a cidade, que pretende alcançar pelo menos 900 mil pessoas. As famílias cadastradas no Cartão Carioca terão direito a R$240, além de R$108,50 por criança contemplada pelo Cartão Alimentação. Já os 13 mil ambulantes cadastrados foram beneficiados com um pagamento de R$ 500. Mas, ainda perdurava a demanda de recursos para os auxiliares de ambulantes, público agora incluído.

O vereador William Siri (PSOL), presidente da Comissão de Trabalho, cobrava a inclusão dessa categoria, porque são trabalhadores diretamente afetados e que inclusive já estavam cadastrados junto à prefeitura. Além da inclusão, ele citou outras duas demandas, que estão sendo avaliadas pela Secretaria da Fazenda.

— Alguns camelôs não estão conseguindo receber o pagamento por causa da exclusão digital. O secretário então prometeu a criação de um polo, para atendimento presencial, ou na própria prefeitura, ou nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Além disso, a secretaria ficou de avaliar a possibilidade de incluir ambulantes que estavam com a Taxa de Uso de Área Pública (Tuap) de 2018 em aberto. Quem não pagou 2019 já havia sido “anistiado”, porque entrou dentro do período da pandemia — explicou o parlamentar.

Procurado, o secretário Pedro Paulo confirmou que está avaliando a inclusão dessa nova “anistia”. Essa é a segunda extensão do Auxílio Carioca após negociação dos vereadores. Em abril, os vendedores que atuam nas praias tiveram direito a uma parcela extra do Auxílio Carioca, que também contemplou seus trabalhadores auxiliares. Participaram da reunião ainda os vereadores Alexandre Isquierdo (DEM), Luciano Vieira (Avante) e Tarcísio Motta (PSOL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: