Renda e gastos de sócio da Precisa são incompatíveis, segundo documentos

Francisco Maximiano, sócio e presidente da Precisa Medicamentos, declarou ter uma renda anual de R$ 52.200 em 2020. Isso significa uma renda mensal de R$ 4.300. O valor é menor do que o registrado em suas movimentações financeiras, que mostram gastos com restaurantes e lojas de luxo.

Na declaração de imposto de renda, Maximiano afirma que sua fonte de receita é a Global Saúde, outra empresa da qual é sócio. Com a renda que afirmou ter, o empresário pagou R$ 545,75 de imposto no ano passado.

As informações estão nos documentos bancários e fiscais do empresário, entregues à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, aos quais a TV Globo teve acesso.

A Precisa está sendo investigada pela comissão por supostas irregularidades no contrato de compra da vacina indiana Covaxin. A empresa brasileira é representante da vacina no Brasil.

Maximiano seria ouvido na CPI nesta 5ª feira (1º.jun.2021), mas seu depoimento foi adiado, ainda sem data definida. O adiamento ocorreu depois que ele conseguiu, na noite de 4ª feira (30.jun), o direito de ficar em silêncio.

Apesar da declaração à Receita Federal, as transações de Maximiano mostram gastos maiores do que o que o empresário disse receber por ano. Em 2020, segundo uma de suas contas pessoais, o empresário movimentou R$ 4 milhões. Outro R$ 1,2 milhão foi movimentado em outra conta pessoal.

Os hábitos do empresário também indicavam que ele gastava muito mais do que R$ 4.300 por mês. Em uma visita a uma churrasqueira de Barueri (SP), em março de 2020, ele pagou uma conta de R$ 5.204. Em fevereiro deste ano, gastou, em um único dia, R$ 6.500 em compras.

Os documentos bancários de Maximiano indicam que as principais fontes de sua renda eram das empresas que ele era sócio. Mas ele não declarou à Receita ter participação na Precisa Medicamentos nem na Global Saúde ou receber os dividendos das empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: