Recadastramento dos cargos comissionados termina no dia 30 de agosto

A prefeitura de Rio Bonito começa nessa quarta-feira, dia 7 de agosto, o recadastramento dos cargos comissionados da administração municipal, que acontece até o dia 30 deste mês.  O atendimento será no Centro Administrativo (nova sede da prefeitura), no km 266, da Praça Cruzeiro, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), das 9 às 14 horas. De acordo com a secretaria municipal de Administração, os comissionados devem organizar a documentação necessária e baixar e preencher o formulário, que está disponível no site da prefeitura (www.riobonito.rj.gov.br), antes de ir fazer o recadastramento.

O secretário de Administração, Sérgio Leite, também esclarece que todos os servidores municipais que possuem algum cargo em comissão e já fizeram o recadastramento, não precisam se recadastrar novamente.

“Esse recadastramento é exclusivo para os cargos comissionados de todas as secretarias. Os servidores efetivos, mesmo que tenha algum cargo, não precisam comparecer. É importante que o funcionário apresente todos os documentos, original e cópias, que serão exigidos durante o processo. Caso contrário, não poderá fazer o recadastramento que é obrigatório”, explica Sergio Leite.

Para fazer o recadastramento é muito simples, os cargos comissionados devem apresentar o formulário preenchido (disponível no site), original e cópia dos seguintes documentos: identidade; CPF (do titular e dos dependentes); comprovante de residência; título de eleitor; Cartão do PIS/PASEP ou documento similar emitido pela Caixa Econômica ou pelo Banco do Brasil; carteira de trabalho (folha de rosto/frente e verso); certidão de casamento ou de nascimento; certidão de divórcio ou união estável, se for o caso; certificado de reservista (para homens) e carteira de habilitação (obrigatório apenas para os cargos que exigem essa documentação), além de um número de telefone.

Para os beneficiários de pensão alimentícia, será necessário apresentar apenas identidade, CPF e comprovante de residência. Já para os dependentes é preciso apresentar certidão dos filhos menores de 21 anos, no caso de universitários até 24 anos é preciso levar, ainda, comprovante de matrícula e CPF dos dependentes. Vale lembrar ainda que os profissionais devem apresentar a carteira de Conselho ou órgão de classe nos casos em que este seja requisito para o exercício do cargo, além de anuidade paga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: