R10 pode ir hoje à obra da Arena do Galo na 1ª aparição após prisão

Quase um mês depois de conseguir a liberdade e regressar o Brasil, Ronaldinho Gaúcho é aguardado para fazer a primeira aparição pública após o episódio da prisão no Paraguai. O ex-jogador tem presença esperada em evento de patrocinador do Atlético-MG, no Mineirão, nesta quinta-feira. No mesmo dia, há a programação de ele visitar as obras da Arena MRV, futura casa do Galo, no início da tarde. O risco de o “Bruxo” mudar a rota existe, entretanto.

R10, um dos maiores ídolos da história do Atlético, principalmente pela conquista da Libertadores 2013, esteve na capital mineira pela última vez no fim do ano passado, quando ganhou a medalha de mérito do conselho deliberativo alvinegro. Quem já visitou as obras foram os volantes Pierre e Donizete, companheiros de Ronaldinho no Galo.

A Arena MRV, ainda em processo de terraplanagem no canteiro de obras, vive uma semana de ajustes finais em duas situações. Enquanto prepara para receber a figura ilustre de Ronaldinho, o empreendimento finaliza os últimos detalhes para a venda dos camarotes e cadeiras cativas, quando o estádio estiver inaugurado, em 2022.Ronaldinho, no desembarque no Rio de Janeiro — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

A venda de cativas é um ponto de grande expectativa pelos responsáveis do projeto, assim como da própria torcida. São R$ 100 milhões previstos em arrecadação da comercialização desses 4.470 assentos especiais, em diferentes categorias. O Banco BMG, patrocinador máster do Galo, garante ocupar 60% dessa cota de cadeiras, se assim for necessário. A abertura das vendas está prevista para este fim de semana, e são 15 anos de cessão da cadeira, com preços ainda não divulgados.

– Devemos começar a venda de cadeiras e camarotes a partir do dia 26 (de setembro), quando iremos inaugurar a pedra fundamental. Iremos inaugurar agora também o centro de experiência, dando prioridade absoluta ao nosso sócio-torcedor. Quem não for, vai ter que esperar de dois a três meses para poder ir lá. É um espaço que está ficando fantástico – disse o presidente Sette Câmara, à rádio Itatiaia.

Ronaldinho, no desembarque no Rio de Janeiro — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Além das cadeiras cativas, a Arena MRV irá vender também 68 camarotes ao público e empresas. Para tanto, o “centro de experiência” terá papel fundamental. Haverá a inauguração do espaço anexo às obras, no qual o visitante poderá conhecer uma reprodução de camarote do futuro estádio. No “centro”, ainda haverá salas especiais de projeção virtual de como ficará a casa alvinegra, bem como loja temática, maquete especial e um deck com vista para o canteiro de obras.

Outra etapa que a arena está prestes a concluir é a implementação da chamada “pedra fundamental” da obra, que é um gesto simbólico e tradicional para os empreendimentos que começam a passar para a etapa de edificação civil (elevação de pavimentos). O projeto já conseguiu o alvará de liberação para tal fase, prevista para o fim de 2020 e início de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito