“Quero ajudar o PSDB a sintonizar os sentimentos das ruas”, diz Eduardo Leite

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, concedeu uma entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo em que fala sobre as prévias que vão definir o nome do PSDB para a eleição presidencial. Requisitado por várias siglas, segundo o jornal, o político afirmou que continuará no partido, mesmo se não vencer a disputa interna.

“Estou filiado há 20 anos no PSDB. É um partido que me reconheço do ponto de vista programático. Quero ajudar o PSDB a voltar a sintonizar os sentimentos das ruas”, disse Leite.

Além de Leite e João Doria, devem participar da disputa o senador Tasso Jereissati (CE) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

“Eu estou muito firme e decidido a participar, mas não sou obcecado em torno de um projeto pessoal. Eu não estou nessa por um projeto pessoal. Fui provocado por um grupo de deputados que entendiam que eu deveria representar essa discussão e eu estou trabalhando nessa linha. Eu tenho toda disposição de conversar, dialogar. Só que neste momento, não parece haver isso”, disse o governador do RS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: