Queiroga diz que meta de 2,4 mi de vacinados por dia é difícil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou atrás em relação à meta de sua gestão de vacinar 2,4 milhões de pessoas por dia contra a covid-19, afirmando que a taxa dificilmente será alcançada por causa da falta de doses. Ele, porém, afirmou em entrevista à imprensa nesta terça (18) que o Brasil vai muito bem na vacinação e atingiu hoje a marca de 90 milhões de doses entregues.

Queiroga falou do compromisso de vacinar 2,4 milhões de pessoas por dia há uma semana, ao anunciar portaria que liberou R$ 909 milhões para estados e municípios para o enfrentamento da pandemia de coronavírus. Na oportunidade, o ministro acreditou que seria possível atingir o número de vacinados, mas teve de mudar de ideia agora por conta da falta de vacinas.

Queiroga afirmou que tenta antecipar entregas de vacinas dos EUA e que teve uma boa audiência com representantes do país também nesta terça. O ministério trabalha ainda para lidar com atrasos de insumos, desta vez da Índia, por meio do Instituto Serum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: