fbpx

Quase 6 milhões de eleitores tiveram os títulos cancelados desde 2018, relata Justiça Eleitoral

Quase 6 milhões de eleitores, incluindo cidadãos que votam no exterior, tiveram os títulos cancelados no Brasil desde 2018, mostram dados da Justiça Eleitoral. O estado de São Paulo registrou 1.034.998 cancelamentos.

O cancelamento do título pode acontecer quando o eleitor não comparece à votação e não justifica a ausência por três eleições consecutivas, por motivo de falecimento ou por não comparecer à revisão do eleitorado.

O Tribunal de Justiça Eleitoral suspendeu a medida para quem não votou e não justificou a ausência nas eleições de 2020, o que excluiu os eleitores que estavam nesta situação durante a pandemia. Por isso, o número de títulos cancelados poderia ter sido maior.

Caso as obrigações eleitorais do cidadão não estejam de acordo com as normas, não é possível votar, tomar posse de um concurso público, obter passaporte ou CPF, imposto de renda, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: