PT ameaça processar Amado Batista por chamar Lula de “ladrão”

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que vai processar o cantor Amado Batista depois que ele chamou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de “ladrão”. A declaração foi no programa de rádio “Frente a Frente”, da Rede Nordeste de Rádio, em 28 de abril (ouça a íntegra no final da reportagem).

Na entrevista, Batista defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com quem tem amizade, e ataca Lula e seus filhos. O cantor também criticou as últimas pesquisas de intenção de voto, que trazem Lula à frente de Bolsonaro nas simulações de 1º e 2º turno das eleições de 2022.

Pelo Twitter, Gleisi Hoffmann escreveu que “quem faz acusações falsas tem que ser responsabilizado pelo que diz, famoso ou não”.

Batista é um dos maiores apoiadores de Bolsonaro na classe artística. Sua fase de maior sucesso foi nos anos 1980, com apresentações no Cassino do Chacrinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: