PSOL vai ao STF contra Eduardo Bolsonaro por comentário sobre El Salvador

A bancada do Psol na Câmara vai pedir ao Supremo Tribunal Federal que inclua o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no inquérito sobre atos antidemocráticos por ter defendido a destituição da Suprema Corte de El Salvador. No domingo (2), Eduardo publicou um tweet em que comemorou a ação capitaneada por aliados do presidente Nayib Bukele no Congresso.

Crítico frequente do STF brasileiro, Eduardo usou o tweet para mandar um recado para o Judiciário. “Juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saiam às ruas para se elegerem”, disse.

Para a deputada Talíria Petrone (Psol-RJ), “saudar a atitude autoritária do presidente de El Salvador é a mostra que não querem um Brasil com democracia”.

Já Fernanda Melchionna (Psol-RS), disse que não vai mais aceitar atitudes antidemocráticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: