Com aproximadamente 3 mil metros quadrados, a área de plantio da Escola Estadual Municipalizada Itaitindiba, no bairro Santa Izabel, chama atenção pelo tamanho e pela variedade de espécies plantadas. Nesta área, os alunos aprendem sobre alimentação saudável, português, matemática, ciências, geografia e outras matérias de forma divertida: plantando e colhendo ervas, legumes, verduras e frutas. Nesta quarta-feira (22), alunos do quinto ano se empenharam em montar um espaço especial para ervas medicinais.

O processo envolve toda a comunidade escolar. Na época da colheita, os alimentos plantados são servidos como complemento da merenda escolar e os alunos ainda podem levar para casa. O que sobra é distribuído para a comunidade em uma feirinha, completando assim o projeto ‘Tinis – Cultivar para si, cultivar para o outro e cultivar para a natureza’.

“A gente mobilizou a comunidade, os pais de alunos estão muito empenhados, trazem mudas de casa para ajudar e acompanham o processo. Além disso, as crianças aprendem muito: português, catalogando os nomes das plantas, ciências, com as espécies, os adubos e a diversidade. Também aprendem a importância da água e a questão das fases da lua. Os professores utilizam toda a área disponível para dinamizar as aulas e fazer com que os alunos aprendam na prática”, explicou a diretora Adriana Pereira.

Preparando a terra para receber as mudas, o aposentado Gerson Manoel de Souza se empenha, há quase dois anos, em tudo que envolve a horta. O pai da aluna Eduarda, de 6 anos, colabora, inclusive aos fins de semana, para manter a plantação bonita e saudável.

“Eu sou aposentado por invalidez, por conta de oito hérnias de disco na coluna, mas se eu ficar parado e deitado em casa é pior, por isso resolvi ajudar. Às seis horas da manhã eu já estou na escola cuidando da horta. A minha alegria são essas crianças, é ver a minha filha aqui em contato com a natureza”, contou Gerson.

A área plantada da escola possui alface, rúcula, couve, inhame, chuchu, abóbora vermelha, quiabo, aipim, pepino, maxixe, tomate, bertalha, milho, mamão, caqui, laranja da terra, limão, caju, cajá, café, graviola, amora, tangerina, manga, tamarindo, abacaxi, ipê, jacarandá, moringa, abiu roxo, abiu amarelo, laranja seleta, laranja kinkã, figo, beterraba, cenoura, erva doce, camomila, cavalinha, citronela, estévia, cânfora, alfazema, levante, guaco, carqueja, louro, tomilho, alfavaca, hortelã, coentro, salsinha, cebolinha, entre outras espécies.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.