fbpx

Programa ‘Limpa-Rio’ chega ao bairro Vila Central em Japeri

Iniciativa já realizou limpeza de 7,5km de rios e canais da cidade 

As ações de limpeza e desassoreamento de rios e córregos de Japeri, na Baixada Fluminense, continuam a todo vapor. Nesta quinta-feira (9), foi a vez do Rio Sarandi, no bairro Vila Central, receber os maquinários do programa ‘Limpa-Rio’. No total, 3km de extensão do afluente será contemplado com a iniciativa. A ação é fruto de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado, por meio do Inea (Instituto Estadual do Ambiente).

Desde a chegada do programa na cidade, os rios Primavera, Guandu e o canal de Engenheiro Pedreira foram atendidos pela ação, totalizando uma extensão de 7,5km. Para reforçar os trabalhos estão sendo utilizadas retroescavadeiras e caminhões.

O objetivo da iniciativa é amenizar o impacto das chuvas de verão que assolam a população, além de evitar enchentes e alagamentos nas ruas e residências próximas aos rios.

A Prefeita da cidade, Drª Fernanda Ontiveros, acompanhou a chegada dos maquinários no local e fez questão de ressaltar a importância do programa na cidade.

“Esse trabalho que estamos realizando é de prevenção. Acreditamos que essas intervenções nos rios da cidade serão necessárias para evitar inundações nos períodos com grande volume de chuvas. Essa ação vai contemplar também a parte do rio que pertence a cidade de Queimados. Quero agradecer ao governador Cláudio Castro, ao presidente da Alerj, André Ceciliano e também ao secretário estadual de Meio Ambiente, Thiago Pampolha, pelo apoio que vêm prestando ao município”, disse a prefeita.

A secretária municipal do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Meire Lucy, pediu para que a população evite poluir os rios da cidade. “Faço um pedido para os moradores: evitem jogar lixo nos rios e ajudem o poder público a manter uma cidade limpa. Esse acúmulo de resíduos pode causar problemas gravíssimos para o nosso município”, ressaltou.

O próximo local a receber os maquinários serão os rios Delamare e, em seguida, o Tambaú.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: