Profissionais da Atenção Primária de Quissamã participam de atualização em Estratégia Saúde da Família

Médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde da Atenção Primária estão participando do Curso de Atualização em Estratégia Saúde da Família (ESF) no Estado do Rio de Janeiro, promovido pela Prefeitura de Quissamã, através da Secretaria municipal de Saúde.

O Curso terá duração de seis meses com cerca de 11 encontros totais e contará com as facilitadoras de aprendizagem Delba Barros, psicóloga, mestre e doutora em Saúde Pública pela ENSP/Fiocruz e coordenadora de Planejamento e Gestão em Saúde; Milena Viana, especialista em Saúde da Família pela UERJ e em Saúde Coletiva pelo ISECENSA e, coordenadora de Estratégia Saúde da Família; Sara Barcelos, nutricionista especialista em Gestão da Qualidade em Alimentação para Coletividade pela UFF e em Nutrição Ortomolecular e Nutrigenômica pela FAPES, além de coordenadora de Ações Programáticas.

“O principal objetivo do curso é fortalecer a identidade profissional e o reconhecimento das atribuições de cada um no Sistema Único de Saúde (SUS). Além de ofertar instrumentos e evidências para que os profissionais possam utilizar na tomada de decisão nas diversas dimensões do trabalho (gestão, clínica, comunidade, promoção da saúde e vigilância em saúde)”, explicou Delba Barros.

Já a coordenadora de Estratégia Saúde da Família, Milena Viana, ressalta que “este curso foi preconizado no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde e seu conteúdo é um disparador para discutir o processo de trabalho e melhorias no cuidado em saúde”.

Durante a atualização, os profissionais das equipes de ESF passarão pelos seguintes módulos: “A Atenção Primária à Saúde e a Estratégia Saúde da Família no contexto das políticas públicas de saúde”, “Segurança do paciente na Atenção Primária à Saúde”, “A organização dos sistemas locais de saúde com ênfase no planejamento de base territorial”, “O papel da Atenção Primária à Saúde nas linhas de cuidado” e “A atuação interdisciplinar, interprofissional e a participação popular na Atenção Primária à Saúde”. O curso tem previsão de término para agosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *