fbpx

Primeiro-ministro da Romênia deixa o cargo um dia depois das eleições parlamentares

O primeiro-ministro da Romênia, Ludovic Orban, deixou o cargo nesta segunda-feira (7). O anúncio de sua saída foi feito um dia depois da realização das eleições parlamentares.

“Dei o meu melhor, fizemos o melhor possível”, disse Orban à agência oficial de notícias Agerpres. “O meu objetivo agora é ajudar a criar uma maioria no parlamento, sem os social-democratas.”

Orban deixa o cargo com a esperança de que seu partido (Liberal) tenha força para escolher seu sucessor, em um governo de coalizão.

“Espero que o Partido Liberal tenha o poder de definir o próximo primeiro-ministro”, disse Orban. Os liberais receberam 32,5% dos votos para o Senado e 31,1% dos votos na Câmara dos Deputados, segundo a Agerpres.

Já o Partido Social Democrata, opositor do governo atual, vem com resultados muito próximos aos do partido de Orban. Com 75% das urnas apuradas, os sociais-democratas levaram 30,1% dos votos para o Senado e 29,5% dos votos na Câmara dos Deputados.Primeiro-ministro da Romênia, Ludovic Orban, fala ao telefone neste domingo (6) em Bucharest, durante a apuração dos votos das eleições parlamentares — Foto: Inquam Photos/Octav Ganea via Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: