Primeiro mês de Segurança Presente Japeri tem números positivos

Em trinta dias os agentes já realizaram mais de duas mil abordagens, além de prisões e apreensões
Para manter a ordem e diminuir os índices de criminalidade, os agentes do Programa Segurança Presente têm trabalhado bastante. No último dia primeiro de julho, o programa completou um mês de atuação em Japeri e o resultado já é motivo de elogio. No município, o projeto tem duas bases nos principais centros urbanos da cidade (Japeri e Engenheiro Pedreira). Nos trinta primeiros dias de atuação, os números de ocorrências registradas mostram o êxito das ações policiais.

De acordo com levantamento divulgado pela coordenação do programa em Japeri, nestes primeiros trinta dias de atuação, os policiais abordaram cerca de 2.100 transeuntes, motocicletas e veículos que, no momento, mostraram algum tipo de atitude suspeita. Isso, além de evitar a livre circulação de entorpecentes, aumenta a sensação de segurança de moradores e comerciantes.

E os resultados destas abordagens são significativos. De acordo com os dados da coordenação do programa, o Segurança Presente (nas duas bases) já capturaram três foragidos da justiça, realizou uma ocorrência por crime ambiental, foram duas pessoas detidas por desobediência e duas por resistência, sete autuações por posse e uso de entorpecentes, dois presos por adulteração de veículos, uma prisão por atitude suspeita, uma assistência à mulher vítima de violência doméstica, uma prisão por furto e uma por tráfico.

A prefeita de Japeri, Dra. Fernanda Ontiveros, é uma entusiasta do programa e comemorou os números do primeiro mês de atuação dos policiais: “Nossa cidade sempre teve um histórico de violência muito grande. O Segurança Presente veio para somar com o 24° Batalhão, com a Polícia Civil e com a nossa Guarda Municipal. Juntos, cada um em sua área de atuação, tenho certeza de que vamos avançar muito em segurança pública em nossa cidade. Tenho muito que agradecer aos agentes do programa e ao governador Cláudio Castro e ao presidente da Alerj, André Ceciliano, por terem nos ajudado neste momento de dificuldade”, destacou a gestora.

O efetivo empregado nas duas bases diariamente soma 49 policiais militares, das 8h às 20h, todos os dias. O programa ainda conta com seis viaturas, 10 motocicletas, além do policiamento realizado a pé. O secretário de Segurança e Trânsito, Jorge Dantas, destacou a importância do aumento no efetivo: “O programa trouxe mais policiais para as ruas de nossa cidade. Hoje é comum ter agentes de segurança por diversas ruas e a população fica feliz em ter esta segurança no dia a dia. É um marco em nossa cidade e vamos avançar ainda mais”, disse.

A tenente Bonino, coordenadora do Segurança Presente no município, também falou do início do trabalho: “O programa é uma marca que tem dado certo por onde passa e é o resgate da ideia de aproximar a polícia do cidadão, com movimentos sociais e prestação de serviços não só como segurança pública, mas também atuando nas causas sociais”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: