Presidente da Unidos da Tijuca é assaltado e bandidos levam Mercedes de R$ 150 mil

Fernando Horta, presidente da Unidos da Tijuca(arquivo 2020)

O empresário Fernando Horta, presidente da Escola de Samba Unidos da Tijuca , foi assaltado no fim da noite desta quinta-feira, no Maracanã, na Zona Norte do Rio. Ele estava sem seguranças e voltava de uma reunião na escola, quando bandidos em um Jeep branco interceptaram um automóvel Mercedes E 350, ano 2012, de cor prata, que Horta dirigia. Armados de pistola, eles renderam o presidente e levaram o carro, que não estava no seguro e é avaliado por Horta em torno de R$ 150 mil.

Também foram roubados, entre outras coisas, documentos da escola e um telefone celular. O ataque ocorreu por volta das 23h50. Segundo Fernando Horta, o assalto ocorreu na Avenida Maracanã, entre as ruas Delfino e Uruguai. Ele conta que parou o carro ao perceber que o Jeep branco fechou a pista repentinamente . Segundo o empresário, os bandidos não teriam o reconhecido.

—Parei a uns dez metros de distância do carro deles. Dois desceram armados de pistola e vieram em minha direção. Vinha de uma reunião na escola e estava sozinho. Acho que não me reconheceram. Levaram o carro, documentos da escola, camisas da Unidos da Tijuca, um relógio e meu celular. Aliás, o celular vai fazer uma muita falta. Todos meus contatos do mundo do samba e dos meus amigos presidentes de escolas estavam lá. Não cheguei a passar nada para o papel — lamentou Horta.

Português e torcedor declarado do Vasco da Gama, onde já foi inclusive candidato a presidente do clube, Fernando Horta após o assalto, embarcou em um táxi e foi até a 19ªDP (Tijuca). Lá, registrou o caso. A Polícia Civil ainda não tem pistas dos assaltantes.

A Unidos da Tijuca divulgou uma nota sobre o caso. Abaixo, a íntegra do documento.

“Conforme notícias veiculadas pela imprensa, a Unidos da Tijuca vem a público para confirmar oficialmente a ocorrência de um assalto na noite desta quinta-feira (29) na rua Delfim Moreira, próximo à rua Uruguai na Tijuca, por volta das 23h. Os criminosos levaram o carro do presidente da agremiação Fernando Horta, um Mercedes 350 executivo, bem como celular e todos os pertences. No interior do carro havia documentos pessoais e da agremiação, além de alguns produtos da escola, tais como camisas de enredo. Mais informações sobre a investigação e até mesmo sobre a possibilidade de recuperação do material levado devem ser divulgados pela Polícia oportunamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: