Prefeitura entrega cestas básicas e intensifica ações no combate à fome

O secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, na manhã desta segunda-feira, (29), acompanhou a entrega de 250 cestas básicas pelas equipes técnicas dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Ao todo foram 2.953 cestas básicas entregues para famílias em acompanhamento nas unidades e os assistidos pelas Organizações da Sociedade Civil (OSCs) parceiras da prefeitura desde Janeiro de 2021 até o presente momento.


Segundo o secretário, desde o inicio do governo foram 14.624 atendimentos realizados pelos CRAS distribuídos em 13 territórios. Com as novas medidas restritivas do enfrentamento à Covid-19, o atendimento está sendo feito de forma remota, e as visitas domiciliares, seguindo os protocolos sanitários.


“Por determinação do Prefeito Wladimir Garotinho, estamos prestando atenção integral aos mais vulneráveis. A prefeitura está acompanhando o crescimento do número de famílias em extrema pobreza e buscando alternativas para minimizar a escassez alimentar”, disse Rodrigo.


A distribuição de cestas para as famílias faz parte dos benefícios eventuais. A iniciativa é um tipo de proteção social que se caracteriza pela oferta de natureza temporária para prevenir e enfrentar situações provisórias de vulnerabilidade, conforme prevê a LOAS (nº. 8742 de 07 de dezembro de 1993).


Segundo a coordenadora de Transferência de Renda e Benefícios Assistenciais da secretaria, Marcelia Cardoso, todas as famílias passam por uma avaliação técnica (de assistentes sociais e psicólogos) e, após avaliação, recebem o benefício.
Foram 854 cestas entregues aos usuários de OSCs como: Educandário São José Operário, Associação de Pais de Pessoas Especiais (Apape), Associação de Proteção e Orientação aos Excepcionais (Apoe), Asilo Nossa Senhora do Carmo, Monsenhor Severino, Associação de Pais e Amigos Excepcionais (Apae) e Residência Inclusiva.

Rodrigo destaca o atendimento às pessoas em situação de rua por meio do acolhimento nos abrigos. Os espaços contam com alimentação, distribuição de material de higiene e atendimento multidisciplinar.

Ações – A Portaria 369 do Ministério da Cidadania viabilizou recursos para a aquisição de cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade acompanhadas pelos CRAS e CREAS. A quantidade de famílias e o período foram aprovados no Conselho Municipal de Assistência Social.

De acordo com a diretora do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Aline Giovanini, este processo não foi empenhado até o mês de dezembro de 2020, o que dificultou a atual gestão na concessão do benefício, pois aguardava a autorização do Ministério de Cidadania, através das portarias 601 e 605 de 2021.


Restaurante Popular – O secretário explica que a inauguração do espaço deve ocorrer o mais breve possível, como adiantou o Prefeito na última semana. A previsão é alimentar 2 mil pessoas com refeição a R$ 1, além do Café Social na Rodoviária, por R$ 0,50. “Quem tem fome, tem pressa. A sensibilidade do Prefeito e a articulação com as esferas de governo tem possibilitado parcerias que trarão mais benefícios para a população”, concluiu o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: