Prefeitura do Rio remove grades e inicia revitalização da praça Mahatma Gandhi no co contexto do Plano Urbano Reviver Centro

Gradil retirado do local será instalado no Instituto Nise da Silveira, no Engenho de Dentro

A Prefeitura do Rio deu início a mais uma fase do projeto Reviver Centro, com ações de revitalização urbana na Praça Mahatma Gandhi, no Passeio. As intervenções começaram pela remoção das grades da praça, que passará a ficar totalmente aberta, liberada portanto à circulação de pedestres. O objetivo é integrar visualmente o espaço com a Praça Marechal Floriano (Cinelândia) e o eixo visual em direção ao Aterro do Flamengo, convidando a população do Rio a se apropriar e usufruir do local. Além da retirada do gradil, a  praça também  está recebendo um mutirão se serviços da Comlurb e Rioluz, e apoio no ordenamento público por parte da Secretaria Municipal de Ordem Pública e da Guarda Municipal.

O gradil da Praça Mahatma Gandhi não será descartado, sendo reaproveitado em outra ação que a Prefeitura deverá fazer no Instituto Nise da Silveira, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. Segundo o secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, esta foi a forma encontrada para dar utilidade ao material, amplificando os benefícios da intervenção urbana.

_ O Nise da Silveira é um equipamento público enorme na Zona Norte, que tem uma boa área verde e é todo murado. A ideia é que este muro seja retirado e as grades o substituam. Conversando com Meio Ambiente e Subprefeitura local, vimos nesta ação uma oportunidade de beneficiar dois locais da cidade ao mesmo tempo. A Praça Mahatma Gandhi deixa de ter seu acesso limitado e o equipamento público do outro lado da cidade ganha um gradil recuperado, com ganhos de paisagem para os dois locais _ explica Fajardo.

Vinte funcionários da Fundação Parques e Jardins (FPJ) atuam na remoção das grades da praça, atividade que deverá se estender até a quinta-feira (17/06). A ação também conta com a participação das secretarias municipais de Meio Ambiente e Conservação e da Subprefeitura do Centro. Além de criar uma melhor conexão visual entre os espaços do entorno, a remoção do gradil vai facilitar o fluxo de seus frequentadores, além de incentivar o uso da praça, fazendo daquela área mais um local de contemplação panorâmica.

_ Queremos devolver a cidade aos cariocas. A retirada das grades da Mahatma Gandhi representa exatamente isso, a importância de revitalizar as áreas, transformando esses locais em espaços públicos de qualidade para que a população volte a usufruir e se conectar com a cidade _  destaca o presidente da FPJ, Fabiano Carnevale.

De acordo com o diretor de planejamento e obras da FPJ, Sávio Machado, as grades  funcionavam como uma barreira, um obstáculo a uma praça que tem a função de integrar e acolher. “A retirada é fundamental para esse processo de revitalização do Centro, permitindo que o local volte a ser esse elemento estruturador do espaço urbano, devolvendo o acolhimento e estimulando essa interligação com as outras áreas do entorno”, observou.

A revitalização da praça acontecerá em várias etapas. A Rioluz irá fazer a modernização de mais de 70 pontos de iluminação pública no entorno do local, trazendo mais segurança para os frequentadores. Além disso, a Companhia vai recuperar, limpar e pintar os postes da região. Já a Comlurb está realizando serviços de varrição, remoção de resíduos, roçada, capina, limpeza de ralos e lavagem hidráulica com água de reuso. Será feita ainda a retirada de pichações e está programada a  instalação de papeleiras.

As ações integram o projeto Reviver Centro, concebido pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano, que tem por objetivo recuperar a vitalidade do Centro do Rio, impactado pelas dificuldades trazidas pela pandemia do Coronavírus e pela crise econômica. Além de uma melhor gestão do espaço e equipamentos públicos, o Reviver Centro consiste num conjunto de projetos de lei para incentivar, entre outras medidas, a produção habitacional no Centro da cidade, atraindo novos e mais moradores para a região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: