Prefeitura do Rio derruba 18 construções irregulares em Santa Cruz

A Prefeitura do Rio demoliu, nesta segunda-feira (31), 18 imóveis construídos em terrenos irregulares em Santa Cruz, na Zona Oeste. A desocupação dos espaços foi realizada às margens da Av. Cesário de Melo, pelas secretarias municipais de Conservação (Seconserva) e a de Ordem Pública (SEOP. As construções haviam sido erguidas em área pública destinada à implantação de logradouro. 


Do total de edificações sem licença, três eram utilizadas para para atividade comercial e já estavam concluídas, por isso foram desocupadas. Por outro lado, as outras 15 ainda estavam em fase de construção, por isso foram demolidas. De acordo com a SEOP, no local também foram desmarcados quatro terrenos que seriam loteados para construção de, aproximadamente, dez imóveis irregulares.

Participaram da ação a secretária de Conservação, Anna Laura Secco, o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale, e subprefeito da Zona Oeste, Edson Menezes. “Desde janeiro, somente nas Áreas de Planejamento 4 e 5, que englobam os bairros da Zona Oeste, já foram retiradas mais de 160 edificações sem licença. Não vamos mais tolerar quem constrói de forma clandestina, ocupando espaços públicos, oferecendo risco para a população e se aproveitando da boa-fé das pessoas. Uma cidade mais organizada também é uma cidade mais conservada”, enfatizou Anna Laura.

Durante a ação, a Light desativou 20 pontos clandestinos de energia elétrica. Já a Cedae desativou 25 ‘gatos’ de água. Segundo a Prefeitura, a operação contou com 80 servidores e teve apoio da Coordenadoria Geral de Operações Especiais (CGOE), da Guarda Municipal, da Polícia Militar, da Controladoria de Controle Urbano (CCU), da Comlurb, da RioLuz, da Cedae e da Light. Para o serviço, a equipe usou uma escavadeira hidráulica, dois caminhões e 16 viaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: