Prefeitura de Trajano de Moraes decide começar o Ano Letivo na Rede Municipal com aulas remotas

Nas escolas da rede municipal de ensino de Trajano de Moraes, o retorno das aulas no sistema presencial está suspenso por enquanto, devido à pandemia de Covid- 19. A Secretaria Municipal de Educação começa o ano letivo na rede municipal com aulas remotas. A decisão teve aprovação do prefeito Rodrigo Viana e do vice Matias Mendes. A confirmação e os planejamentos foram elaborados numa reunião convocada pelo subsecretário da pasta com a equipe pedagógica.

“O ano letivo começa nesta segunda-feira, dia 22, mas os alunos ainda vão ter que esperar para voltar a pisar nas escolas. As atividades acontecerão apenas de forma remota. O município ainda não tem previsão de retorno das aulas presenciais. Quero agradecer aqui o empenho de cada profissional de educação que vem dedicando seu dia a planejar essa volta às aulas de forma remota”, agradeceu o prefeito Rodrigo Viana.

O município aposta em um protocolo rigoroso para a retomada gradual das atividades presenciais. No início do mês, uma reunião com os diretores das escolas da Rede Municipal de Ensino definiu como será o passo a passo nos próximos meses. O encontro foi no salão nobre da Escola Municipalizada Alfredo Lopes Martins.

Durante o encontro, a equipe pedagógica apresentou o calendário do ano letivo de 2021, com início das aulas previstas para o dia 22 de fevereiro em modalidade não presencial, devido à pandemia de Covid- 19. “Nas primeiras semanas de fevereiro, as escolas se organizaram e os professores planejaram as atividades que a partir de hoje serão distribuídas aos alunos de maneira impressa. Ainda não temos previsão para retorno presencial”, comentou o subsecretário da pasta, Renato Bueno.

Para a primeira semana, foi sugerido que os professores enviem atividades para avaliação diagnóstica da turma. “Somente após os professores devem iniciar o contato com os alunos por meio dos grupos de WhatsApp”, acrescentou. As escolas estarão abertas à população para solicitações de matrículas, transferências e atualização de documentos, mas cada uma irá organizar seu próprio horário de atendimento. Por isso, os pais e responsáveis devem ficar atentos às notificações da escola, que também marcará data para a primeira entrega das apostilas.

É muito importante que a família e a escola mantenham contato, para evitar ainda mais prejuízos no aprendizado dos alunos. De acordo com a LDB 9.394 /96 e o Estatuto da Criança e do Adolescente, a educação é responsabilidade da família e Estado, logo deve haver essa parceria. Não buscar as atividades, assim como não devolvê-las, constitui uma privação de um dos direitos universais da criança, que é o direito à Educação.

“Após o início do ano letivo, as decisões de retorno em modelo híbrido serão tomadas juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, analisando a realidade do nosso município e seguindo os protocolos mencionados no Plano Intersetorial de Retorno às Aulas Presenciais”, concluiu o subsecretário, Renato Bueno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: