fbpx

Prefeitura de Resende realiza mais um mutirão de Raio-x para zerar filas do município na Santa Casa

Ação acontecerá neste sábado, dia 7 de agosto, entre 8h e 14h; nos dias 24 e 31 de julho, foram feitos 139 exames de raio-X

A Prefeitura de Resende, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizará mais um mutirão de raio-X neste sábado, dia 7 de agosto, entre 8h e 14h, na Santa Casa de Misericórdia de Resende. Foram agendados 36 pacientes, que farão 74 exames. O objetivo da mobilização é zerar a fila de exames de raio-X do município, visando estabelecer atendimentos mais imediatos. No mutirão do dia 24 de julho, foram feitos 74 exames, sendo atendidos 36 pacientes. Já no dia 31 de julho, a ação na Nova Santa Casa contabilizou 65 exames confeccionados, no total de 35 pacientes.

Entre os procedimentos mais comuns nestes mutirões, podem ser citados: tórax; coluna lombar; coluna cervical; joelho; mão; pé/calcâneo; quadril; e ombro.

O secretário municipal de Saúde, Tande Vieira, explicou que o atendimento ocorre pelo SUS (Sistema Único de Saúde), beneficiando os moradores da cidade em diagnósticos precisos e tratamentos mais adequados.

— Os exames são encaminhados pelos atendimentos provenientes dos postos de saúde, por meio do SUS, e marcados pela Secretaria Municipal de Saúde. A Prefeitura possui um convênio com a Santa Casa, que viabiliza a execução dos serviços. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a demanda aumentou e, por isso, estamos nos mobilizando para zerar a fila de raio-X do município. Desde o início da atual gestão em 2017, a Prefeitura realizou uma verdadeira transformação na Santa Casa, com reformas na estrutura física e melhorias desde a aquisição de equipamentos de alta tecnologia até a troca do enxoval. A Santa Casa já realizou mutirões de exames de endoscopia, eletrocardiograma, histeroscopia, tomografia computadorizada com sedação e ultrassonografia na atual gestão. A unidade também promoveu mutirões para procedimentos cirúrgicos de colecistectomia, ou seja, retirada da vesícula biliar, e hérnia. Este ano, a Nova Santa Casa deu início ao ciclo de mutirões de cirurgias plásticas reparadoras – reforça.

Vale lembrar que, em junho de 2020, a Santa Casa recebeu dois aparelhos de radiologia para reforçar a estrutura: o tomógrafo “Somatom go.Now”, considerado o mais moderno da região no quesito de diagnóstico de imagens, aparelho de baixa dose de radiação; e o raio-X “Multix B”. Ainda em agosto do ano passado, a unidade adquiriu uma bomba injetora para procedimentos de tomografia computadorizada por contraste. Este equipamento com tecnologia avançada otimizou a qualidade dos exames radiológicos feitos na unidade, bem como a possibilidade de leitura dinâmica, em tempo real, pelos profissionais.

Ainda em 2020, a Nova Santa Casa também ganhou novo maquinário de eletrocardiografia, cardioversor e aspirador portátil, que agregaram mais qualidade e precisão no serviço prestado na unidade.

Este ano, a unidade recebeu uma nova usina de gases medicinais, com fornecimento de ar comprimido e vácuo.

OUTROS AVANÇOS

Entre os progressos estruturais e melhorias para um atendimento de qualidade à população estão: recuperação da fachada; retorno das cirurgias por videolaparoscopia e oftalmológicas; farmácia 24h, que ganhou maior espaço; reforma dos banheiros, enfermarias, corredores, cozinha, refeitório e lavanderia; aquisição de novos leitos, colchões, poltronas, macas e equipamentos; ampliação do Centro de Material Esterelizado (CME) e do ambulatório do SUS; aumento no número de cirurgias eletivas; licença de funcionamento após 20 anos; R$ 1,5 milhão de dívidas pagas; construção de banheiros para acompanhantes; reestruturação da lavanderia com novos equipamentos; criação de novas vagas de estacionamento; revitalização da capela; novo laboratório; recepção reformada; troca de piso e novo mobiliário; troca da rede de esgotos; instalação da nova subestação de energia; viabilização do exame do sono; criação da Clínica Oftalmológica; implantação do tratamento de varizes por espuma; reestruturação fiscal e previdenciária, possibilitando a emissão de certidões negativas; pagamento da dívida trabalhista (judicial e extrajudicial) de aproximadamente R$ 520 mil; e ecocardiograma com estresse.

O centro cirúrgico ainda passou por um processo de modernização. Já a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de quatro leitos foi ampliada para seis, com o serviço de hemodiálise para pacientes internados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: