Prefeitura de Resende avança nas obras na Ponte Nilo Peçanha

A Ponte Nilo Peçanha, conhecida como Ponte Velha, está passando por obras de melhorias que visam reforçar sua estrutura de sustentação. Considerada importante cartão-postal da cidade, onde dezenas de pedestres transitam diariamente, a Ponte Velha é mais uma reforma do ‘Revitaliza Resende’, desenvolvido pela Prefeitura de Resende, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos. O trabalho está concentrado na recuperação de encontro, elemento que possui função de arrimo e suporte à infraestrutura da ponte.

O processo de revitalização, que teve início no dia 24 de agosto deste ano, é realizado por uma empresa especializada em construção civil, licitada e contratada pelo governo municipal. A reforma deve ser concluída no início de 2021. Visando garantir segurança à população, a ponte segue interditada para a passagem durante o período de obras. Neste momento, a equipe de obras realiza os serviços de laje superior do muro de contenção.

O prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, destaca a importância da revitalização da Ponte Velha.

— O ‘Revitaliza Resende’ chegou para transformar mais um local público: a Ponte Nilo Peçanha, que foi inaugurada no dia 16 de abril de 1905. Imponente, sua beleza arquitetônica chama atenção com a estrutura metálica importada da Bélgica e trazida de navio para o Brasil. Leva o nome do Presidente do Estado do Rio de Janeiro daquela época, que participou da sua inauguração. Com 115 anos de existência, a Ponte Velha foi contemplada com a reforma. Tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) e pela Prefeitura de Resende, faz parte da história de muitos resendenses. É nosso dever mantê-la segura e acessível aos pedestres, garantindo a travessia de dezenas de pessoas diariamente! No decorrer das obras, é necessária a sua interdição para a segurança de todos. Vale lembrar que, neste período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os trabalhos estão sendo executados respeitando todas as medidas de segurança sanitária – reforça.

De acordo com o secretário de Obras e Serviços Públicos, Victor Sampaio, já foram realizados os seguintes serviços: as escavações para execução da fundação e acesso na parte inferior da ponte; cortina de contenção de talude; e instalação de parte dos elementos de fundação, no caso específico, estacas. “Para o término da obra geral, faltam os seguintes trabalhos: execução de enroncamento de pedra na base do muro; revestimento do muro com pedra bruta; reaterros laterais; e readequação da calçada danificada”, informa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito